Trabalhadores

Ciência e Sociedade: a situação portuguesa

Fala-se hoje em “sociedade do conhecimento” mas a sociedade humana foi, desde tempos imemoriais, “sociedade do conhecimento”. O que evoluiu ao longo do tempo foi a natureza e a profundidade desse conhecimento. E também ao serviço de quem esteve.

Sobre a Cultura

Nos nossos dias, a desregulação económica neo-liberal constrange a produção estética a integrar-se na produção geral dos bens de consumo, com a frenética urgência da fabricação de aparentes novidades. Essas exigências económicas têm reconhecimento institucional de todo o género. Tudo é permitido porque tudo é cinicamente aceite por uma burguesia entediada pelo seu próprio tédio.

Intervenção de Encerramento

Na sua riqueza, diversidade a abrangência, as intervenções hoje aqui feitas traçaram um quadro impressivo sobre as consequências de mais de três décadas de política de direita para o nosso país e para o nosso povo.

Ver vídeo

"As jornadas parlamentares não passam ao lado dos problemas do distrito de Setúbal"

Na abertura das Jornadas Parlamentares que o PCP realiza em Setúbal, João Oliveira afirmou que ao fim de quase três anos a destruir o país e a vida dos trabalhadores e do povo, o Governo tem em marcha uma campanha de propaganda diária de ilusões e mistificações sobre a realidade do país, vendendo ideias de falsos sucessos e recuperações que não casam com o agravamento da realidade económica e social sentida pelos portugueses diariamente.

Ver vídeo

"Um trabalho ímpar, útil para o País, para os trabalhadores e para a generalidade dos portugueses"

Na abertura das Jornadas Parlamentares do PCP que se realizam em Setúbal, João Ferreira afirmou que a realidade confirmou todos os avisos e alertas que em devido tempo foram feitos pelo PCP. Confirma, além disso, existirem motivos de sobra para mudar de rumo. E fazê-lo urgentemente.

Sobre as conclusões do Conselho Europeu de 19 e 20 de Dezembro

As conclusões do Conselho Europeu confirmam o carácter indissociável do aprofundamento dos pilares neoliberal, federalista e militarista da União Europeia.

Dois anos de Governo e de Troika é o prosseguimento da política de direita e de destruição das conquistas de Abril

Camaradas e amigos

Quero começar por agradecer a presença de todos nesta iniciativa do GUE - Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica.

O impacto social da austeridade

O dicionário da língua portuguesa da Porto Editora diz-nos da “austeridade” o seguinte: “carácter ou qualidade do que é austero”, “rigor de disciplina; severidade”, “ausência de enfeites ou ornamentos”.

Para o capitalismo, a palavra adquiriu um outro sentido. Eufemísticamente, a “austeridade” passou a sintetizar a resposta do sistema ao agravamento da sua crise estrutural.