Trabalhadores

Despedimentos no Novo Banco (III)

Na sequência de perguntas anteriores (E-001929-16, E-002775-16), a administração do Novo Banco avançou para um despedimento colectivo, contestado pelos trabalhadores. Este despedimento concretiza-se ao mesmo tempo que novas admissões estão a ser feitas.

Sobre a situação de precariedade dos trabalhadores de call centers

Empresas como a MEO-PT, NOS ou VODAFONE, subcontratam empresas de trabalho temporário como a RANDSTAD, a MANPOWER ou a RH+, para a prestação de serviços de assistência ao cliente através de call centers. A realidade demonstra que o recurso a contractos de trabalhado temporário é um expediente para a ocupação de postos de trabalho permanentes, em condições de enorme precariedade. Em Portugal 95% dos trabalhadores destes call centers têm vínculos precários, com contractos à semana, ao dia e à hora.

Ausência de parecer da Comissão de Trabalhadores do Novo Banco sobre o "Plano de Reestruturação" apresentado à Comissão Europeia

De acordo com a legislação portuguesa – artigo 425º do Código do Trabalho, “o empregador deve solicitar o parecer da comissão de trabalhadores antes de praticar os seguintes actos (…): c) Qualquer medida de que resulte ou possa resultar, de modo substancial, diminuição do número de trabalhadores, agravamento das condições de trabalho ou mudanças na organização do trabalho.”

Situação na BA Vidro

Recentemente, os trabalhadores da BA Vidro decidiram realizar um conjunto de greves nas três fábricas da empresa (Avintes, Marinha Grande e Venda Nova).

Trabalhadores impedidos de trabalhar em empresa de Óbidos

No início deste mês, 30 trabalhadores dos restaurantes Clube House e Argento e da empresa de aluguer de casas Interentals, situados no empreendimento Praia D'El Rey Marriott Golf & Beach Resort, em Óbidos, foram impedidos de aceder aos locais de trabalho.

Convenção Internacional sobre normas para os marítimos dos navios de pesca

A Convenção Internacional da Organização Marítima Internacional sobre Normas de Formação, de Certificação e de Serviço de Quartos para os Marítimos dos Navios de Pesca foi adoptada em 7 de Julho de 1995 numa Conferência Internacional que contou com a participação de 74 governos, 22 da actual UE.

Comissão do Emprego do PE aprova alteração que valoriza a contratação colectiva

Comissão do Emprego do PE aprova alteração que valoriza a contratação colectiva

Na reunião de hoje da Comissão de Emprego e Assuntos Sociais do Parlamento Europeu, foi aprovada uma alteração ao parecer sobre a Estratégia da UE para a igualdade entre homens e mulheres 2015 proposta pela deputada do PCP Inês Zuber (e subscrita por mais duas deputadas do GUE/NGL) que defende a valorização da contratação colectiva.

Utilização abusiva dos Programas Ocupacionais nos Açores

Em Dezembro de 2014 existiam, nos Açores, 4929 açorianos inscritos em programas ocupacionais, de acordo com as estatísticas mensais do Instituto de Emprego e Formação Profissional. Estamos a falar de quase 5000 pessoas que, estando na verdade desempregadas, não contam para as estatísticas de desemprego, que ocupam muitas vezes postos de trabalho permanentes e que são miseravelmente remuneradas.

Situação dos trabalhadores do sector do handling

Numa reunião recente com organizações representativas dos trabalhadores do sector do transporte aéreo, na Região Autónoma da Madeira, pude constatar a preocupação profunda relativamente à situação dos trabalhadores do serviço de assistência em escala (handling).