Posições Políticas

Ver vídeo
Dois anos após os incêndios de Outubro de 2017

Dois anos após os incêndios de Outubro de 2017

A 15 e 16 de Outubro de 2017, inúmeros concelhos do Centro e do Norte do País foram fustigados por violentos incêndios, fazendo arder centenas de milhares de hectares de floresta, afectando cerca de mil e quinhentas habitações, atingindo, muitas totalmente, mais de meio milhar de empresas, destruindo inúmeras espécies vegetais e animais, com impacto muito significativo do ponto de vista ambiental, com uma perda inestimável de 80% do Pinhal de Leiria, com graves prejuízos ambientais, e – o mais importante – provocando meia centena de mortos.

Ver vídeo
Sim, cá estamos! Com a força que nos dá a luta e com o nosso projecto e ideal

Sim, cá estamos! Com a força que nos dá a luta e com o nosso projecto e ideal

Acabámos de travar a última das batalhas eleitorais do presente ano. Um ano que foi particularmente exigente. Foi um ano de muitos combates e em múltiplas frentes, na frente da luta de massas e social, nas instituições, na frente eleitoral, da organização do Partido e da construção da Festa do «Avante» que mais uma vez realizámos com êxito, e que exigiram uma grande entrega e esforço de milhares de militantes comunistas e de todo o nosso Partido.

Apoio Bienal às Artes: resultados demonstram, mais uma vez, a clara insuficiência do orçamento para a Cultura

Apoio Bienal às Artes: resultados demonstram, mais uma vez, a clara insuficiência do orçamento para a Cultura

1 – Os resultados referentes ao concurso de apoio bienal às Artes, publicados com atraso, no dia de hoje, evidenciam o que o PCP há muito vem denunciando: o orçamento para a Cultura é manifestamente insuficiente e põe em causa o cumprimento do direito à criação constitucionalmente consagrado.

Ver vídeo
Sobre o encontro entre PCP e PS

Sobre o encontro entre PCP e PS

Os resultados das eleições traduzem, ainda que com alterações de expressão eleitoral entre as diversas forças políticas com representação na Assembleia da República, um quadro parlamentar com uma relação de forças semelhante ao de há quatro anos.

A esta actual arrumação de forças no plano institucional corresponde, no entanto, uma conjuntura política distinta da de 2015.

Ver vídeo
Sobre a reunião do Comité Central do PCP de 8 de Outubro de 2019

Sobre a reunião do Comité Central do PCP de 8 de Outubro de 2019

A primeira constatação resultante das eleições do passado Domingo para a Assembleia da República, pesem algumas alterações de expressão eleitoral entre as forças políticas, é a de que os seus resultados traduzem um quadro parlamentar com uma relação de forças semelhante ao de 2015. Facto que não ilude que a esta actual correlação corresponde uma conjuntura política distinta da de 2015, como o prova o facto de o Presidente da República já ter indigitado o primeiro-ministro.

Comunicado do Comité Central do PCP de 8 de Outubro de 2019

Comunicado do Comité Central do PCP de 8 de Outubro de 2019

O Comité Central do PCP, reunido a 8 de Outubro de 2019, analisou os resultados das eleições para a Assembleia da República e das eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, e o quadro político delas decorrente. Apreciou elementos da situação internacional, e estabeleceu linhas da acção, iniciativa política e do reforço do Partido, para responder às exigências que se colocam.

Grandioso comício fecha campanha em Braga

Grandioso comício fecha campanha em Braga

Jerónimo de Sousa encerrou a campanha em Braga, ladeado por Carla Cruz e outros candidatos da lista por este círculo eleitoral, com um vibrante comício no decurso do qual deixou um veemente apelo ao voto na CDU, depois de expor com detalhe as principais razões – e são muitas – que justificam essa opção, todas elas, em síntese, subordinadas à ideia de que o voto na coligação PCP-PEV, reforçando-a, é a condição para «avançar e não andar para trás».

As cores da CDU inundam as ruas do Porto com confiança e orgulho

As cores da CDU inundam as ruas do Porto com confiança e orgulho

No final de tarde do último dia da campanha para as eleições legislativas, a CDU encheu as ruas do Porto com uma grande arruada, na qual participaram Diana Ferreira, Ana Mesquita, Alfredo Maia,  ngela Moreira, Jerónimo de Sousa e centenas de apoiantes.

Promover o reforço da participação social e política das mulheres

Promover o reforço da participação social e política das mulheres

Em almoço com mulheres no Porto esta sexta-feira, derradeiro dia oficial de campanha, Jerónimo de Sousa sublinhou que a CDU, tal como a democracia, «não dispensa a participação social e política das mulheres aos seus mais variados níveis», garantindo que a coligação PCP-PEV continuará a promover todas as medidas que reforcem essa participação, assim como a «mudança de mentalidades  e de comportamentos de homens de mulheres, que contribuam para vencer preconceitos e estereótipo».

CDU pela valorização dos trabalhadores e da produção nacional

CDU pela valorização dos trabalhadores e da produção nacional

No último dia da campanha para as eleições legislativas, a CDU rumou ao norte para um encontro de Jerónimo de Sousa, que estava acompanhado pelos candidatos Diana Ferreira, Ana Mesquita, Alfredo Maia e Ângela Moreira, com os trabalhadores das pedreiras de Boelhe, no concelho de Penafiel.

A empresa Granitos de Boelhe, onde trabalham cerca de 30 operários com idades compreendidas entre os 25 e os 60 anos, é uma das empresas de extracção e transformação de pedra, actividade que assume uma importância fundamental na actividade económica do concelho.