Internacional

Solidariedade com Lula da Silva e o povo brasileiro

Solidariedade com Lula da Silva e o povo brasileiro

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de excluir Lula da Silva como candidato às eleições presidenciais no Brasil insere-se num processo político que, sob a capa de uma “justiça” reconhecidamente comprometida com o golpe de Estado institucional – iniciado em 2016, com a destituição da legítima Presidente Dilma Rousseff –, procura impedir, de forma arbitrária, que este seja candidato nas eleições que se realizam a 7 de Outubro.

Sobre a situação na Grécia e as imposições da União Europeia

Sobre a situação na Grécia e as imposições da União Europeia

É infundada a tentativa de apresentação do chamado “fim do resgate” à Grécia como uma decisão favorável aos trabalhadores e ao povo grego.

Os chamados “Programas de Assistência Financeira”, de facto, verdadeiros pactos de agressão contra Estados e povos, são instrumentos da estratégia de empobrecimento, liquidação de direitos, favorecimento do poder monopolista e de ataque à soberania nacional.

PCP condena crimes no Médio Oriente

PCP condena crimes no Médio Oriente

O PCP condena os brutais bombardeamentos da aviação israelita na Faixa de Gaza que nos últimos dois dias deixaram um rasto de morte e destruição, e que constituem mais um dos muitos crimes e provocações de Israel numa sistemática violação da legalidade internacional e dos direitos do martirizado povo palestiniano.

PCP condena atentado contra a vida de Nicolas Maduro

PCP condena atentado contra a vida de Nicolas Maduro

O PCP condena o atentado terrorista contra a vida do Presidente Nicolas Maduro, bem como de outros altos dirigentes da República Bolivariana da Venezuela, perpetrado em Caracas, no passado dia 4 de Agosto, durante as comemorações do 81.º Aniversário da criação da Guarda Nacional Bolivariana.

O PCP considera que tal acto é indissociável da campanha de desestabilização e ingerência em desenvolvimento contra a Venezuela, protagonizada pelas forças reaccionárias e pelo imperialismo que está a atingir gravemente as condições de vida do povo.

Ver vídeo
«Não esquecer os crimes de Hiroxima e Nagasáqui e lutar pelo desarmamento e a paz»

«Não esquecer os crimes de Hiroxima e Nagasáqui e lutar pelo desarmamento e a paz»

1. Nos dias 6 e 9 de Agosto de 1945 o imperialismo norte-americano cometeu um dos maiores crimes da História da Humanidade: os ataques nucleares sobre as cidades japonesas de Hiroxima e Nagasáqui. Em poucos segundos, muitas dezenas de milhar de pessoas foram mortas, num massacre sem precedentes. Nos meses e anos seguintes o balanço das vítimas mortais haveria de ascender a centenas de milhar. Muitos outros sofreram terríveis sequelas físicas e psicológicas, que se transmitiram também às gerações seguintes.

PCP condena a Lei-básica sobre o Estado de Israel

PCP condena a Lei-básica sobre o Estado de Israel

A aprovação pelo Parlamento israelita da nova Lei-básica sobre o Estado de Israel – de natureza Constitucional –, consagra princípios de um Estado racista e segregacionista, que nega direitos de cidadania aos seus cidadãos árabes palestinianos e que, confirmando discriminações previamente existentes na legislação israelita, representa um gravíssimo salto qualitativo, que institucionaliza os princípios de um Estado sionista de apartheid.

Ver vídeo
«Os povos não ganham nada com a escalada militarista da NATO»

«Os povos não ganham nada com a escalada militarista da NATO»

O PCP esteve presente no Acto Público «Sim à Paz! Não à NATO!» em solidariedade com a luta pelo desarmamento, em especial o desarmamento nuclear.

O Secretário-Geral do PCP sublinhou que a Cimeira da NATO, que se realiza de 11 e 12 de Julho em Bruxelas, pode constituir mais um passo na escalada militarista sob a direcção dos Estados Unidos da América.

Sobre as políticas de violação dos direitos dos imigrantes dos EUA e da UE

Sobre as políticas de violação dos direitos dos imigrantes dos EUA e da UE

A retenção de imigrantes em campos de detenção nos EUA e, particularmente, a detenção de crianças separadas dos pais, constitui um bárbaro acto que viola os mais elementares direitos humanos e é expressão concreta de uma política xenófoba e racista, que merece a mais viva condenação do PCP, demonstrada na sua coerente e determinada acção na defesa e afirmação dos valores da liberdade e da democracia.

Sobre a Cimeira entre os Presidentes da República Popular Democrática da Coreia e dos Estados Unidos da América

Sobre a Cimeira entre os Presidentes da República Popular Democrática da Coreia e dos Estados Unidos da América

Tendo em conta a realização da Cimeira entre Kim Jong Un, Presidente da Comissão de Assuntos de Estado da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), e Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos da América, dia 12 de Junho, em Singapura, e os compromissos entretanto tornados públicos, o PCP considera que esta Cimeira – na sequência da Declaração de Panmunjom, firmada a 27 de Abril, entre a RPDC e a República da Coreia – poderá representar um passo no sentido de uma solução pacífica para um conflito que se arrasta há mais de 65 anos devido à política intransigente e agressiva dos EUA, que

Solidariedade com o Partido Comunista da Turquia

Solidariedade com o Partido Comunista da Turquia

O Partido Comunista Português condena veementemente a decisão das autoridades turcas de impedir a participação do Partido Comunista da Turquia enquanto partido candidato nas eleições que se realizam na Turquia a 24 de Junho próximo.

O PCP reafirma a exigência do fim das medidas repressivas e anti-democráticas na Turquia e expressa a sua solidariedade aos comunistas turcos, assim como a outras forças democráticas e progressistas deste país, e à sua luta em defesa dos direitos e aspirações dos trabalhadores e povo turco.