Internacional

Ver vídeo
Sobre as recentes decisões da Administração Trump no ano em que se assinalam os 74 anos depois de Hiroxima e Nagasáqui

Sobre as recentes decisões da Administração Trump no ano em que se assinalam os 74 anos depois de Hiroxima e Nagasáqui

Assinalam-se nos dias 6 e 9 de Agosto os 74 anos do lançamento pelos EUA das bombas atómicas sobre as cidades japonesas de Hiroxima e Nagasáqui que provocaram a morte, doenças irreparáveis e os mais horríveis sofrimentos a centenas de milhar de seres humanos. Ao assinalar esta data o PCP presta homenagem às vítimas deste monstruoso crime imperialista que não pode cair no esquecimento.

I Encontro Latino-americano de Governos Locais e Democracia Participativa reúne em Caracas

I Encontro Latino-americano de Governos Locais e Democracia Participativa reúne em Caracas

Nos passados dias 5 a 9 de Junho reuniram-se, em Caracas, capital da República Bolivariana da Venezuela, mais de 100 autarcas e governadores regionais de toda a América Latina no I Encontro Latino-americano de Governos Locais e Democracia Participativa.

PCP endereça condolências ao AKEL

PCP endereça condolências ao AKEL

Perante o falecimento de Dimitris Christofias, ex-Secretário-geral do Partido Progressista do Povo Trabalhador (AKEL) e ex-Presidente da República de Chipre, no passado dia 21 de Junho, o Comité Central do PCP expressou o seu mais profundo pesar e as suas mais sentidas condolências ao Comité Central do AKEL, e por seu intermédio a todos os seus militantes, à família do camarada Dimitris Christofias e ao povo cipriota.

PCP repudia escalada anticomunista na Polónia

PCP repudia escalada anticomunista na Polónia

Na sequência da iniciativa do Governo polaco de levar a cabo um processo de alteração do código penal do seu país, em que, nomeadamente através da inclusão do artigo 256, se perfila o objectivo de criminalizar a ideologia comunista e interditar a actividade dos comunistas polacos, o Partido Comunista Português dirigiu uma carta ao Embaixador da República da Polónia em Portugal, reafirmando o seu mais firme repúdio face à intensificação da campanha anticomunista na Polónia e aos reiterados factos de perseguição política e judicial visando dirigentes e activistas do Partido Comunista da Polónia,

Sobre os recentes acontecimentos na Faixa de Gaza e Sul de Israel

Sobre os recentes acontecimentos na Faixa de Gaza e Sul de Israel

1 - O PCP expressa a sua profunda preocupação com a recente escalada de violência na Faixa de Gaza e no Sul de Israel e condena firmemente o governo israelita pelos bombardeamentos contra a população de Gaza, que provocaram segundo a ONU a morte de 29 palestinianos, incluindo três crianças e duas mulheres grávidas, mais de 200 feridos e a destruição de prédios de habitação.

PCP condena nova intentona golpista contra a Venezuela

PCP condena nova intentona golpista contra a Venezuela

PCP condena veementemente a nova intentona golpista contra a Venezuela e o seu povo, protagonizada por forças de extrema-direita responsáveis por acções de grande violência, com o apoio de um grupo de militares, e o suporte da Administração norte-americana de Trump e de governos reaccionários do chamado Grupo de Lima.

Sobre as eleições em Espanha

Sobre as eleições em Espanha

Os resultados das eleições que ontem se realizaram em Espanha expressam a rejeição do PP e seus aliados.

As forças de direita e da extrema-direita franquista assumida (PP, Ciudadanos e VOX), tendo-se apresentado de forma fragmentada, não conseguem alcançar a maioria no parlamento mesmo aglutinadas.

O PSOE, embora aumentando a sua votação, fica significativamente aquém da maioria absoluta.

Sobre a evolução da situação no Médio Oriente

Sobre a evolução da situação no Médio Oriente

1. O PCP alerta para a gravidade da situação no Médio Oriente, nomeadamente na Palestina, situação que é inseparável da aberta e permanente violação do Direito Internacional protagonizada pelos governos dos EUA e de Israel.

PCP presente nos actos «Lula Livre»

PCP presente nos actos «Lula Livre»

No passado dia 7 de Abril, realizaram-se actos pela liberdade de Lula da Silva promovidos pelo Núcleo do PT em Lisboa e pelo Colectivo Andorinha, no quadro da campanha promovida pelo Comité Internacional Lula Livre.

Em Lisboa, reuniram-se centenas de pessoas, brasileiros residentes em Portugal e portugueses, que num ambiente de luta exigiram a libertação de Lula da Silva e afirmaram a defesa da democracia no Brasil. Várias organizações associaram-se aos actos, como o Concelho Português para a Paz e Cooperação e o Movimento pelos direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente.

Jerónimo de Sousa expressa solidariedade a Lula da Silva

Jerónimo de Sousa expressa solidariedade a Lula da Silva

Na data em que se assinala um ano da ilegítima e injusta prisão de Lula da Silva, Jerónimo de Sousa, Secretário-geral do PCP, dirigiu-lhe uma carta manifestando “a mais sincera solidariedade dos comunistas portugueses e o seu profundo empenho na exigência da sua pronta libertação”.