Internacional

Sobre os resultados das eleições legislativas britânicas

Sobre os resultados das eleições legislativas britânicas

Os resultados das eleições legislativas antecipadas no Reino Unido constituem uma derrota política do Partido Conservador que pretendia fortalecer o apoio parlamentar a uma ainda maior ofensiva contra os direitos sociais e laborais dos trabalhadores e do povo britânico, e a uma deriva ainda mais acentuada da política neoliberal, militarista e de afirmação imperialista.

Solidariedade com os presos políticos sarauís em prisões marroquinas

Solidariedade com os presos políticos sarauís em prisões marroquinas

O PCP expressa a sua solidariedade aos activistas sarauís detidos pelas autoridades marroquinas em 2010, quando participavam no acampamento de protesto de Gdeim Izik, acção realizada por milhares de sarauís em defesa dos seus direitos nos territórios do Sara Ocidental ilegalmente ocupados por Marrocos.

Após sete anos, estes activistas sarauís continuam detidos e em processo de julgamento, após o julgamento decorrido em 2013 num tribunal militar ter sido considerado nulo.

PCP reafirma solidariedade com o Povo palestiniano

PCP reafirma solidariedade com o Povo palestiniano

Passa meio século da guerra desencadeada por Israel em Junho de 1967, de que resultou a ocupação da totalidade da Palestina histórica, bem como de territórios da Síria e Egipto. À limpeza étnica de palestinianos que acompanhou a criação do Estado de Israel em 1948 e conduziu a muitas centenas de milhar de refugiados, sucedeu, com a guerra de 1967, nova vaga de refugiados palestinianos, muitos dos quais vivendo até à actualidade em campos de refugiados espalhados pela região.

PCP presente no congresso do PC do Uruguai

PCP presente no congresso do PC do Uruguai

O PCP esteve representado no XXXI Congresso do Partido Comunista do Uruguai, que decorreu entre 2 e 4 de Junho em Montevideu sob o lema «100 anos da Revolução de Outubro», por Cátia Lapeiro, do Comité Central. O congresso culminou 120 dias de discussão por todo o país, em mais de 300 organismos, tendo sido eleitos mais de 900 delegados.

PCP presente no Congresso dos Comunistas da Catalunha

PCP presente no Congresso dos Comunistas da Catalunha

Sob o lema «Comunistas para o bem comum. Um partido para a Revolução Democrática», decorreu nos dias 3 e 4 de Junho, no Teatro principal de Badalona, na região de Barcelona, o 1.º Congresso dos Comunistas da Catalunha.

PCP no 6º Congresso do PT Brasil

PCP no 6º Congresso do PT Brasil

O 6.º Congresso do Partidos dos Trabalhadores, realizado de 1 a 3 de Junho, em Brasília, analisou a conjuntura internacional e nacional, fez um balanço dos progressos económicos e sociais conseguidos pelos governos do PT no Brasil e as suas repercussões positivas na América Latina, razão fundamental do ataque do imperialismo.

Actualidade do Decreto da Paz soviético debatida em Praga

Actualidade do Decreto da Paz soviético debatida em Praga

Representantes de 12 partidos comunistas, operários e de esquerda da Europa e Ásia (China) debateram na capital checa, Praga, as questões da paz e segurança na Europa e no mundo.

Sim à Paz! Não à NATO!

Sim à Paz! Não à NATO!

Na reunião ao mais alto nível que realizou em Bruxelas com a participação do Presidente norte-americano e num quadro de latentes contradições, a NATO anunciou o propósito de afirmar a sua coesão, nomeadamente em torno de um crescente envolvimento em guerras de agressão – como no Afeganistão e no Médio Oriente – e na escalada armamentista e militarista, levadas a cabo pelos EUA, a coberto da denominada “luta contra o terrorismo”.

Ver vídeo
«A NATO tem sido a maior responsável pela guerra e pela insegurança no mundo»

«A NATO tem sido a maior responsável pela guerra e pela insegurança no mundo»

Presente no Acto Público contra a Cimeira da NATO que se realiza em Bruxelas, Pedro Guerreiro expressou a solidariedade do PCP e valorizou "os actos de denuncia e condenação dos objectivos belicistas cimeira da NATO".

Liberdade para os presos políticos palestinianos em prisões israelitas

Liberdade para os presos políticos palestinianos em prisões israelitas

Cumprido um mês de greve de fome de cerca de 1500 presos políticos palestinianos detidos em prisões de Israel, o PCP reafirma a exigência da sua libertação e a solidariedade para com a sua luta pelo respeito dos seus direitos e dignidade.

Ao longo deste último mês, a solidariedade do PCP foi expressa de múltiplas formas, entre as quais a apresentação de um voto na Assembleia da República – através do qual o parlamento português manifestou a sua solidariedade para com os presos políticos palestinianos em prisões israelitas –, bem como por via da sua intervenção no Parlamento Europeu.