Ambiente

Parlamento Europeu aprova Directiva que defende os interesses das transnacionais da água e ameaça a água pública - Deputados do PCP recusam proposta de Diretiva sobre Qualidade da Água para Consumo Humano

O Parlamento Europeu aprovou, na sua sessão plenária, em Estrasburgo, uma proposta da Comissão Europeia que distorce, manipula e instrumentaliza a “Iniciativa Europeia de Cidadãos” intitulada “A água e o saneamento são um direito humano! A água é um bem público, não uma mercadoria!” – também conhecida na designação inglesa como “Right2Water”, – em defesa da água pública e contra a privatização da água, que mobilizou mais de dois milhões de pessoas por toda a Europa.

Ver vídeo
Compromissos do PCP no início do novo período de sessões do Parlamento Europeu

Compromissos do PCP no início do novo período de sessões do Parlamento Europeu

No inicio deste novo período de sessões do Parlamento Europeu, os deputados do PCP continuam a desenvolver o seu trabalho, num momento em que nos aproximamos do fim da actual legislatura.

Fazêmo-lo, com energia redobrada para enfrentar as batalhas que temos pela frente, reafirmando princípios fundamentais do nosso trabalho e o inabalável compromisso de defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo e do País, em prol de uma Europa de efectiva cooperação, progresso e paz.

Combate à erosão costeira em Portugal

Numa visita recente ao concelho da Figueira da Foz e em contacto com a organização SOS-Cabedelo pude testemunhar a progressão do fenómeno da erosão costeira e os seus efeitos preocupantes.

Durante a visita tomei conhecimento da queixa dirigida à Comissão Europeia pela SOS-Cabeledo em 24/05/2017, complementada com elementos adicionais em 19/09/2017.

Impacto ambiental transfronteiriço de uma exploração mineira de urânio em Retortillo, Espanha

O avançar do processo de implementação de uma exploração mineira de urânio, iniciado em 2011, por parte da empresa Berkeley Minera España SA, a cerca de 30 Km da fronteira portuguesa, em Retortillo (Salamanca), constitui um grande risco ambiental, em particular para os municípios da bacia hidrográfica do rio Douro, onde o complexo mineiro se insere.

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), face à informação provinda de Espanha, considerou que a exploração mineira de urânio em Retortillo poderá ser “suscetível de ter efeitos ambientais significativos".

Sobre o escândalo de emissões de gases pela Volkswagen

Após o escândalo do grupo Volkswagen no final do ano passado, em que ficou demonstrada a burla da companhia, por via da adulteração premeditada dos valores de óxido de azoto emitidos para a atmosfera, está ainda por concluir o processo de indemnização e reparação das viaturas para reposição da normalidade regulamentar.

Falhas detectadas na segurança da Central Nuclear de Almaraz

De acordo com a informação revelada nos últimos dias pelo Conselho de Segurança Nuclear espanhol, a Central Nuclear de Almaraz (situada junto ao Rio Tejo, a cerca de 100 km da fronteira portuguesa) usa peças produzidas numa fábrica com irregularidades detectadas ao nível do controlo de qualidade. As peças com irregularidades terão sido usadas para fabricar os geradores de vapor 2 e 3 da unidade 1 e o gerador de vapor 3 da unidade 2 da Central, estando também em causa o rebordo da tampa do reactor desta mesma unidade 2 da Central de Almaraz.

Apoios aos viveiristas da Ria Formosa e à despoluição daquele sistema lagunar

Numa recente visita à Ria Formosa, o encontro com mariscadores e viveiristas de Olhão e de Faro, permitiu identificar problemas e dificuldades com que se confrontam.

Sobre a intenção de demolições de habitações na Ria Formosa

Ria Formosa reveste-se de grande importância do ponto de vista económico, social, cultural e natural, estando intimamente ligada à vida, cultura e tradições das populações locais, em particular dos concelhos de Faro, Loulé, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António. As ilhas barreira que delimitam o sistema lagunar a sul, têm vários núcleos urbanos cujo valor social, económico e cultural deve ser igualmente reconhecido.

Emissões de CO2 e reunião da OACI

Na CPO21, os dirigentes do mundo inteiro selaram um acordo destinado a salvar o planeta, com uma redução global de emissões de CO2 capaz de travar o aquecimento global. Por razões histórias o transporte aéreo ficou excluído das negociações apesar de representar 3% das emissões globais e da sua dinâmica de crescimento de 5% ao ano. Registe-se igualmente que o transporte aéreo é o único sector a beneficiar de uma isenção fiscal à escala internacional.