Posições Políticas

PCP em visita ao COP para conhecer a «situação real» do desporto

PCP em visita ao COP para conhecer a «situação real» do desporto

Uma delegação do PCP realizou hoje um encontro com o Comité Olímpico de Portugal.

A delegação do PCP que contou com a presença de Jerónimo de Sousa (Secretário-Geral), Patrícia Machado (membro da Comissão Política do Comité Central) e Alma Rivera (Deputada e membro do Comité Central) foi recebida pelo Presidente do COP, José Manuel Constantino, pelo Secretário-Geral José Manuel Araújo e pelo Vice-Presidente Artur Lopes. O encontro serviu para conhecer “a situação real” do desporto em Portugal, os efeitos pandémicos no sector e os apoios que o podem revitalizar.

PCP e Presidente da Conferência Episcopal assinalam convergência de posições nas respostas à epidemia e à crise económica e social

PCP e Presidente da Conferência Episcopal assinalam convergência de posições nas respostas à epidemia e à crise económica e social

Teve lugar, a pedido do PCP, um encontro com o Presidente da Conferência Episcopal e Bispo de Setúbal, José Ornelas. A delegação do PCP integrou o Secretário-Geral Jerónimo de Sousa, Armindo Miranda da Comissão Política e Carlos Gonçalves da Comissão Central de Controlo.

PCP destaca importância do aumento da quota de sardinha, mas lamenta decisão tardia

PCP destaca importância do aumento da quota de sardinha, mas lamenta decisão tardia

Os pescadores andavam desde 2018 a alertar para o facto de que os stocks de sardinha tinham recuperado. Informações técnicas reforçavam essa ideia. E isso mesmo foi confirmado por estudos oficiais recentes, que não só demonstraram a fiabilidade do novo modelo de gestão do recurso sardinha proposto por Portugal e Espanha, como permitiram concluir que desde 2018 Portugal tem cumprido os limites do máximo de capturas sustentáveis, e que, como o PCP há muito reclamava, as quotas poderiam e deveriam ter sido aumentadas pelo Governo português.

Ver vídeo
«Este é um tempo que nos exige não abdicarmos de continuar o combate necessário de valorização do trabalho e dos trabalhadores»

«Este é um tempo que nos exige não abdicarmos de continuar o combate necessário de valorização do trabalho e dos trabalhadores»

Senhoras e senhores jornalistas,
Camaradas:

Realizamos as nossas Jornadas Parlamentares com um programa envolvente a toda a Área Metropolitana de Lisboa, dando uma particular atenção aos seus problemas e das pessoas que aqui vivem e trabalham, mas também com os olhos postos na situação do País, nas condições de vida dos trabalhadores e do povo, e determinados pelo objectivo de lhes dar melhores soluções com a nossa iniciativa e proposta.

Ver vídeo
O PCP e a emancipação da mulher - Luta secular do presente e do futuro

O PCP e a emancipação da mulher - Luta secular do presente e do futuro

Como afirmou Marx, com reconhecida validade, o grau de emancipação feminina é a medida natural do grau da emancipação geral. Os avanços notáveis na condição e nos direitos das mulheres no século XX, em Portugal e no mundo, têm uma estreita ligação ao desenvolvimento político, social e civilizacional, parte integrante da sua luta e da luta dos trabalhadores e dos povos pela transformação progressista da sociedade, e vão na esteira das muitas conquistas alcançadas por esta luta mais geral.

Faleceu Américo Leal

Faleceu Américo Leal

O Secretariado do Comité Central do PCP informa, com profunda mágoa e tristeza, o falecimento do camarada Américo Lázaro Leal, ontem, dia 18, com 99 anos, membro do PCP desde 1947, destacado resistente antifacista e exemplo de luta pela conquista da liberdade e democracia para os trabalhadores e o povo.

Américo Leal era natural de Sines, onde nasceu a 20 de Janeiro de 1922. Começou a trabalhar com 12 anos, idade em que ficou órfão, como operário corticeiro.

Um Estatuto que não valoriza os trabalhadores e o trabalho nas artes e na cultura

Um Estatuto que não valoriza os trabalhadores e o trabalho nas artes e na cultura

1 - Terminou ontem o período de consulta pública referente ao Decreto-Lei que aprova o Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura. A proposta do Governo, nos seus moldes actuais, conheceu um amplo conjunto de críticas dos trabalhadores, dos sindicatos e das associações, que consideraram que o documento não responde aos problemas principais que estão colocados aos trabalhadores das artes e da cultura.

Ver vídeo
A luta de todos os dias na luta pelo futuro

A luta de todos os dias na luta pelo futuro

Quero começar por vos saudar nesta vossa iniciativa para debatermos, no quadro do Centenário do nosso Partido, as lutas de todos os dias.

Uma saudação particular quer aos que tiraram um pouco de tempo ao seu estudo nesta fase final de ano lectivo, e para muitos na fase crucial de acesso à universidade, quer aos que, no final de um longo dia de trabalho, aqui estão connosco a debater os problemas, interesses e aspirações da juventude.

Sobre as decisões do Conselho de Ministros de 17 de Junho

Sobre as decisões do Conselho de Ministros de 17 de Junho

1 – Em vez de procurar soluções que combinem o combate eficaz à Covid-19 e a criação de condições que assegurem a retoma da actividade, impedindo que o País continue a ver agravados os problemas económicos e sociais, o Governo recua face a medidas tomadas anteriormente, fazendo opções erradas, nomeadamente ao impor a proibição das deslocações para entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa.

Ver vídeo
«Não há solução para os problemas nacionais sem uma inversão da política de abandono da produção nacional»

«Não há solução para os problemas nacionais sem uma inversão da política de abandono da produção nacional»

Começo por agradecer a vossa presença bem como valorizar o conjunto de intervenções aqui realizadas em torno de uma questão central para o desenvolvimento do País, para o bem estar do povo português, para o futuro de Portugal enquanto nação soberana – a defesa e desenvolvimento da produção nacional.