Internacional

Liberdade para os resistentes palestinianos detidos nas prisões israelitas

Liberdade para os resistentes palestinianos detidos nas prisões israelitas

O Partido Comunista Português acompanha com profunda preocupação e denuncia o agravamento da situação dos milhares de presos políticos palestinianos encarcerados nas prisões de Israel, submetidos a um quotidiano de violência e privação dos seus direitos mais elementares.

Neste momento, estarão detidos mais de cinco mil resistentes palestinianos nas prisões israelitas, incluindo 34 mulheres e 160 crianças.

Ver vídeo
Pela Paz e o Progresso Social

Pela Paz e o Progresso Social

A paz é um direito fundamental. A paz é condição essencial para assegurar o respeito e o pleno exercício dos direitos, o desenvolvimento económico, o progresso social, a soberania.

É legítima a indignação perante as guerras de agressão, a imposição de sanções e bloqueios económicos, as injustiças e desigualdades sociais, que negam direitos a milhões de seres humanos, práticas a que os EUA e a NATO têm recorrido continuadamente.

Por isso, Portugal não deve subordinar-se e contribuir para uma política que desrespeite, interfira e agrida a soberania e os direitos de outros povos.

Sobre as eleições presidenciais no Chile

Sobre as eleições presidenciais no Chile

A expressiva vitória de Gabriel Boric, o candidato apoiado pela coligação Apruebo Dignidad, na segunda volta das eleições presidenciais do Chile, vitória que é simultaneamente uma clamorosa derrota de um defensor do pinochetismo, reveste-se de um grande significado não apenas para o povo chileno mas para os povos de toda a América Latina que resistem ao imperialismo e lutam pela soberania, a democracia e o progresso social.

Contributo do Partido Comunista Português à tele-conferência extraordinária do Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários

Contributo do Partido Comunista Português à tele-conferência extraordinária do Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários

Caros camaradas,

Gostaríamos de agradecer ao Partido Comunista da Grécia e ao Partido Comunista da Turquia o acolhimento desta tele-conferência extraordinária do Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários e de saudar fraternalmente todos os partidos participantes, cujas contribuições valorizam esta iniciativa.

Camaradas,

PCP solidário com a luta do povo palestiniano

PCP solidário com a luta do povo palestiniano

Por deliberação da Assembleia Geral da ONU, assinala-se hoje, 29 de Novembro, o Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestiniano.

PCP condena o golpe no Sudão e solidariza-se com o povo sudanês

PCP condena o golpe no Sudão e solidariza-se com o povo sudanês

O Partido Comunista Português condena o golpe de Estado militar no Sudão e expressa a sua solidariedade para com as mobilizações populares que resistem às forças golpistas e aos seus planos antidemocráticos.

O PCP exige o fim da repressão sobre o povo sudanês e as forças democráticas, assim como a imediata libertação de todos os detidos.

O PCP denuncia a ingerência do imperialismo no Sudão, que visa assegurar o controlo e a exploração dos seus recursos naturais e a inserção deste país na sua estratégia de domínio desta importante região no continente africano.

Solidariedade com a luta do povo brasileiro

Solidariedade com a luta do povo brasileiro

Antonio Filipe, deputado do PCP na Assembleia da República, expressou a solidariedade do Partido Comunista Português para com a luta do povo brasileiro em defesa da democracia, face ás gravosas políticas do Governo do Presidente Bolsonaro e aos seus renovados intentos golpistas.

Sobre os recentes acontecimentos no Afeganistão

Sobre os recentes acontecimentos no Afeganistão

Os recentes acontecimentos no Afeganistão, incluindo a entrada dos Talibã em Cabul, independentemente da sua evolução futura, constituem uma clara e humilhante derrota para os EUA, a NATO e todos quantos participaram e foram cúmplices com a sua estratégia de guerra e ocupação, incluindo sucessivos governos portugueses – guerra e ocupação que o PCP oportunamente denunciou e condenou.

Não ao Bloqueio dos EUA! Cuba Vencerá

Não ao Bloqueio dos EUA! Cuba Vencerá

Centenas de manifestantes afirmaram hoje em Lisboa: Não ao bloqueio! Cuba vencerá!, numa participada acção de solidariedade junto a Embaixada de Cuba.

Na acção foi exigido o fim imediato do criminoso bloqueio económico, financeiro e comercial que há mais de 60 anos os EUA impõem contra a soberania e os direitos do povo cubano, exigência preconizada também pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Fim ao bloqueio dos EUA – Solidariedade com Cuba

Fim ao bloqueio dos EUA – Solidariedade com Cuba

O Partido Comunista Português expressa a sua solidariedade com Cuba, o Governo e o povo cubanos que, enfrentando uma situação exigente e complexa inseparável da intensificação da acção de ingerência e de agressão do imperialismo, se empenha de forma determinada no combate à epidemia, na defesa da sua soberania e independência e dos seus legítimos direitos, incluindo ao desenvolvimento.