Saúde

Intervenção da Deputada<br />Petição nº 50/VIII, apresentada pelo

Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados,Em 2000, a Sociedade Portuguesa de Nefrologia registou 10 268 insuficientes renais crónicos (IRC), 7012 dos quais em tratamentos de Hemodiálise e Diálise Peritonial.

Intervenção do Deputado<br />Declara??o pol?tica "por uma pol?tica de coopera?

Senhor Presidente, Senhores Deputados,

Intervenção do Deputado<br />Restri??es ? venda e ? publicidade de bebidas alco?licas

Sr. Presidente, Srs. DeputadosEm relação a esta questão, quero dizer que, de facto, há uma grande diferença entre a dificuldade em aplicar a lei no que diz respeito às questões da publicidade e a resignação pela sua não aplicação. E penso que é nesta diferença que reside a crítica que é preciso fazer ao Governo por não ter avançado mais nesta matéria.

Intervenção do Deputado<br />Decreto-Lei n? 99/2001, de 28 Mar?o,

Sr. Presidente, Srs. Deputados, Srs. Membros do Governo

Intervenção do Deputado<br />Interpela??o ao Governo sobre pol?tica geral

Senhor Presidente, Senhores Deputados, Senhores Membros do Governo, Há hoje as mais justas razões para o generalizado descontentamento da população em relação à política de saúde. Os portugueses, especialmente os que menos recursos têm, vêm cada vez mais dificultada a concretização do seu direito à saúde.

Intervenção do Deputado<br />Gest?o privada do Hospital Fernando Fonseca

Sr. Presidente, Srs. Secretários de Estado,

Intervenção da Deputada<br />Funcionamento e abertura do novo centro de sa?de de

Sr. Presidente, Sr. Secretário de Estado da Saúde,Há pouco, no pedido de esclarecimento adicional que lhe fizemos sobre os cuidados de saúde no distrito de Santarém, recusámo-nos a colocar a questão casuisticamente, no que tem a ver com esta ou com aquela extensão, com este ou com aquele centro de saúde.

Intervenção do Deputado<br />Maternidade Magalh?es Coutinho

Sr. Presidente, Sr. Secretário de Estado da Saúde, Quero reiterar a questão relativa ao quadro de pessoal, que já foi aqui colocada pelo Sr. Deputado Pedro Mota Soares, e dizer que o Sr.

Intervenção do Deputado<br />Acesso aos medicamentos contraceptivos de emerg?ncia

Sr. Presidente, Srs. DeputadosA primeira coisa que é preciso dizer é que o argumento de que a Câmara rejeitou o debate na especialidade que devia ser feito no sítio certo, que seria no Plenário, é completamente inaceitável, porque, normalmente, o sítio certo para o debate na especialidade é nas comissões especializadas.