Posições Políticas

Ver vídeo
São precisas medidas imediatas que protejam quem trabalha nas Artes e na Cultura

São precisas medidas imediatas que protejam quem trabalha nas Artes e na Cultura

Hoje, dia mundial do teatro, o PCP envia uma calorosa saudação a todos os que se dedicam de corpo e alma a esta arte, mas também a todos aqueles que têm estado na frente da luta em defesa das artes e da cultura no nosso país. Vivemos um momento contraditório e difícil, em que é preciso tomar medidas urgentes que protejam todos os que trabalham nas artes e na cultura, sobretudo todos aqueles que são afectados pela tremenda precariedade que marca, evidentemente, este sector.

Ver vídeo
Sobre as conclusões Conselho Europeu

Sobre as conclusões Conselho Europeu

O Conselho Europeu de ontem confirma, no essencial, a ausência de respostas aos problemas resultantes do surto Covid-19. A ausência de solidariedade da União Europeia é gritante. Desde logo, no mais básico: proteger a saúde das pessoas; salvar vidas; concertar esforços para adquirir, de acordo com as necessidades, equipamentos e material médico.

Ver vídeo
É urgente isentar os estudantes do pagamento das propinas

É urgente isentar os estudantes do pagamento das propinas

Na terça-feira passada, 24 de Março, comemorou-se o Dia Nacional do Estudante, numa altura particularmente complexa das nossas vidas. As instituições de Ensino Superior estão encerradas, os estudantes estão em casa e as aulas realizam-se através de meios informáticos e tecnológicos. Só que nem todos os estudantes têm acesso a esses recursos a partir de casa e mesmo as próprias instituições do Ensino Superior estão a ter dificuldades em implementar o ensino à distância.

Ver vídeo
Estender a protecção social às férias escolares de todas as crianças é urgente!

Estender a protecção social às férias escolares de todas as crianças é urgente!

O PCP voltou, hoje, a questionar o Governo sobre a necessidade de alargar ao período das férias da Páscoa o apoio garantido aos pais para assistência aos filhos, na sequência do encerramento das escolas. Ontem, no debate quinzenal, questionámos o Primeiro-Ministro sobre esta matéria. A resposta que nos foi dada foi a de que esse alargamento do apoio seria garantido apenas às crianças que frequentam a creche, o que é manifestamente insuficiente, face às necessidades das famílias.

Ver vídeo
Combater o surto epidémico, combater a lei da selva, defender e proteger os direitos dos trabalhadores

Combater o surto epidémico, combater a lei da selva, defender e proteger os direitos dos trabalhadores

O actual surto epidémico tem de ser enfrentado, prevenido e combatido com determinação, mobilizando os meios e os recursos indispensáveis à defesa da saúde e da vida. Mas não pode ser usado e instrumentalizado para, aproveitando legítimas inquietações, servir de pretexto para o agravamento da exploração e para o ataque aos direitos dos trabalhadores.

Ver vídeo
O surto epidémico do Covid-19 – A resposta inadiável à emergência económica e social

O surto epidémico do Covid-19 – A resposta inadiável à emergência económica e social

1 - A situação criada em Portugal pelo desenvolvimento do surto do Covid – 19 coloca como primeira prioridade a adopção de medidas de prevenção e de alargamento da capacidade de resposta do SNS visando o combate ao seu alastramento e a resposta clínica.

Ver vídeo
Defender firmemente os interesses do povo e do País - Rejeitar as imposições e condicionalismos da União Europeia

Defender firmemente os interesses do povo e do País - Rejeitar as imposições e condicionalismos da União Europeia

1. O quadro de exigências associado à resposta ao surto epidémico de COVID-19, nomeadamente no que se refere ao reforço urgente da capacidade do Serviço Nacional de Saúde e às medidas de defesa das actividades económicas, do emprego e dos rendimentos dos trabalhadores, dos seus direitos laborais, reclama com acrescida premência que o País enfrente e rejeite decididamente os constrangimentos decorrentes da submissão às imposições da União Europeia, que não só estão na causa dos problemas com que o povo e o País se confronta, como obstaculizam a sua resolução.

Ver vídeo
«Podem contar com o PCP para resistir às dificuldades e defender os direitos»

«Podem contar com o PCP para resistir às dificuldades e defender os direitos»

Queria partilhar convosco este sentimento de inquietação que nos assalta perante a situação que vivemos.

Mas também afirmar e partilhar a esperança de que havemos de ultrapassar as dificuldades e perigos que aí estão, onde as palavras têm de dar lugar à acção, às medidas de prevenção e de tratamento clínico que salvaguardem a vida, a saúde e os direitos.

Perguntam-nos até quando. Só temos uma certeza: havemos de dobrar esta curva apertada.

Ver vídeo
Sobre as medidas decididas pelo Governo na aplicação do Estado de Emergência

Sobre as medidas decididas pelo Governo na aplicação do Estado de Emergência

1- A situação do País, perante os desenvolvimentos do surto epidémico do COVID-19, continua a reclamar que se prossiga o cumprimento das orientações que têm sido recomendadas pelas autoridades de saúde e que têm merecido a compreensão e acolhimento de uma forma generalizada e exemplar por parte do Povo português, bem como, a tomada das medidas de reforço da capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde.

Ver vídeo
A Constituição tem as respostas necessárias para enfrentar a situação de pandemia

A Constituição tem as respostas necessárias para enfrentar a situação de pandemia

A propósito da pandemia que afecta o nosso País e que tem uma dimensão mundial, algumas vozes se levantaram em Portugal a reivindicar a necessidade de uma revisão da Constituição para permitir dar ao País meios jurídicos para responder a uma situação de anormalidade como aquela que estamos a viver.

Nada mais falso, não é verdade que seja necessário rever a Constituição para ocorrer a situações anormais.