Posições Políticas

Ver vídeo
Avançar é preciso e a luta é indispensável!

Avançar é preciso e a luta é indispensável!

As nossas mais fraternas e cordiais saudações a todos os delegados e convidados presentes nesta nossa IX Assembleia da Organização Regional de Lisboa do PCP.

Por aqui passou a importante actividade desenvolvida pelo conjunto dos militantes e das organizações do Partido nos mais diversos domínios da vida deste distrito.

Uma relevante acção e intervenção que mostram quão necessário e indispensável é este Partido que aqui está e que todos queremos que seja mais forte e mais influente para levar para a frente as muitas batalhas com que se constrói o futuro.

Abertura da IX Assembleia da Organização Regional de Lisboa

Abertura da IX Assembleia da Organização Regional de Lisboa

Bom dia camaradas e amigos,

A nossa Assembleia decorre num contexto político que podemos resumir em quatro componentes.

Uma grande ofensiva contra o Partido, A reposição e conquista de direitos impostos pela luta dos trabalhadores e a força do PCP.

O governo minoritário do PS que, por sua opção continua amarrado à política de direita à submissão ao Euro e às imposições da EU e que sempre que foi chamado a decidir a favor dos interesses dos trabalhadores e a soberania do país, juntou o seu voto aos do PSD e CDS para defender os interesses de classe do grande capital.

Ver vídeo
PCP solidário com a luta dos trabalhadores da Martifer e da Galp

PCP solidário com a luta dos trabalhadores da Martifer e da Galp

Paula Santos esteve presente na concentração de trabalhadores da Martifer e da Galp no Porto de Sines.

A deputada manifestou a solidariedade do PCP com a justa luta dos trabalhadores em defesa da contratação colectiva, pela manutenção dos direitos laborais e sociais e contra a precarização das relações laborais.

Ver vídeo
É preciso uma outra política para o desenvolvimento económico e social da ilha do Porto Santo

É preciso uma outra política para o desenvolvimento económico e social da ilha do Porto Santo

Declaração de João Oliveira no seguimento da visita à ilha de Porto Santo que o Grupo Parlamentar do PCP realizou, em colaboração com a Organização Regional Autónoma da Madeira, durante as Jornadas Legislativas na Região Autónoma da Madeira.

Ver vídeo
Andar para trás não. Avançar é preciso!

Andar para trás não. Avançar é preciso!

Uma saudação calorosa a todos os presentes e, por vosso intermédio, à população de Portimão e desta região do Algarve.

O ano de 2019 que temos pela frente vai ser um tempo de grande exigência para o todo o nosso Partido e para o conjunto das forças e activistas da CDU.

Um ano exigente, porque temos que continuar a luta que temos vindo a travar para levar o mais longe possível a reposição dos direitos dos trabalhadores e do nosso povo extorquidos nestes últimos anos, mas também na concretização de soluções de muitos problemas que subsistem a favor da consagração de novas conquistas.

Insídia e mentira no comando editorial da TVI

Insídia e mentira no comando editorial da TVI

A peça hoje editada, na esteira de anteriores construções de anticomunismo que a TVI e uma suposta jornalista têm derramado para o ecrã, tem um mérito: o de se perceber a operação que, sustentada nas mesmas mentiras e falsificações, percorre o objectivo pré-determinado de atacar os comunistas e o PCP.

Sobre a requisição civil decretada pelo Governo no sector de enfermagem

Sobre a requisição civil decretada pelo Governo no sector de enfermagem

A pedido de vários órgãos de comunicação social:

Os enfermeiros estão sujeitos a um enorme desgaste e tendo sido reposta uma parte dos direitos cortados por sucessivos governos, em particular pelo Governo PSD/CDS, persistem problemas, no reconhecimento das progressões e valorização das carreiras e na falta de profissionais, a que o Governo deve dar resposta efectiva.

O PCP foi e é solidário com a luta dos enfermeiros em torno destas reivindicações que valorizam a sua actividade indispensável à defesa e valorização do Serviço Nacional de Saúde.

Ver vídeo
«É necessária a valorização geral dos salários em Portugal»

«É necessária a valorização geral dos salários em Portugal»

Senhor Primeiro-Ministro,

Acompanhamos as preocupações manifestadas em relação à violência doméstica e queremos também sinalizar a importância da defesa do SNS e do direito à saúde e não a ideologia do negócio na saúde e esperamos que a proposta do Governo para os cuidadores informais não venha atrasar a resposta que é preciso dar com as propostas do PCP que estão em discussão.

A evolução dos salários em Portugal continua aquém do que é necessário e possível.