Intervenção de Diana Ferreira na Assembleia de República

Avocação da proposta do PCP para valorização das pensões

Ver vídeo

''

Sr. Presidente,
Srs. Deputados,
Srs. Membros do Governo,

Valorizar as pensões.

Prosseguir um caminho que signifique efectivamente uma recuperação do poder de compra perdido pelos reformados e pensionistas.

Garantir o quarto aumento extraordinário consecutivo para os reformados e pensionistas do nosso país.

É esta a proposta que o PCP avoca para Plenário hoje.

Uma proposta que pretende assegurar que em 2020 se concretiza um aumento extraordinário idêntico ao que foi alcançado na anterior legislatura, sem prescindir de lutar pelo alargamento do aumento mínimo de 10 euros, como consta do que colocamos hoje à votação.

A valorização das pensões é um caminho do qual o PCP não desiste – porque é um instrumento fundamental na garantia de autonomia económica e social dos reformados e pensionistas e para um efectivo combate à pobreza entre idosos, mas também uma forma de defender o sistema público de Segurança Social, no presente e para o futuro porque assenta no valor dos descontos e das carreiras contributivas dos trabalhadores para garantir a sua protecção social, designadamente na velhice.

Depois de anos com pensões congeladas, depois de anos com cortes nas pensões, a intervenção e a insistência do PCP garantiram três aumentos extraordinários, beneficiando mais de dois milhões de reformados.

Hoje propomos que se vá mais longe na valorização das pensões, com um novo aumento extraordinário - demonstrado que está que o actual mecanismo de actualização de pensões não tem garantido o necessário aumento de pensões e reformas que assegure a melhoria das condições de vida dos reformados e pensionistas.

>
  • Orçamento do Estado 2020
  • Assuntos e Sectores Sociais
  • Intervenções
  • Orçamento de Estado 2020
  • Pensões