Posições Políticas

Ver vídeo
«Não há luta juvenil, não há avanço ou conquista para os jovens portugueses em que a JCP e os jovens comunistas não tenham estado envolvidos»

«Não há luta juvenil, não há avanço ou conquista para os jovens portugueses em que a JCP e os jovens comunistas não tenham estado envolvidos»

Começo, naturalmente, por saudar a JCP no seu 39.º Aniversário, e todos os seus militantes, valorizando o contributo que dão para a defesa dos interesses e direitos da Juventude.

A Juventude Comunista Portuguesa, organização juvenil autónoma do nosso Partido, fez ontem 39 anos, mas a sua história e as suas origens, vêm lá de muito longe, da Federação das Juventudes Comunistas Portuguesas, da participação organizada dos jovens comunistas no MUD Juvenil e no MJT, e da União de Jovens Comunistas e da União de Estudantes Comunistas, cuja fusão deu lugar à JCP.

Álvaro Cunhal e o legado de Karl Marx

Álvaro Cunhal e o legado de Karl Marx

Em nome do Partido Comunista Português queria, antes de mais, agradecer a vossa presença nesta Sessão Pública evocativa do centésimo quinto aniversário do nascimento de Álvaro Cunhal.

Uma evocação que é sempre de homenagem a essa figura ímpar e referência maior da nossa história contemporânea e da luta do nosso povo pela liberdade, a democracia, pelos valores da emancipação social e humana no País e no mundo e de reconhecimento do seu valioso e multifacetado legado de dirigente político experimentado, ideólogo, intelectual, ensaísta, homem da cultura.

Ver vídeo
«A luta é o caminho que é necessário prosseguir em defesa dos direitos e aspirações dos trabalhadores e do povo»

«A luta é o caminho que é necessário prosseguir em defesa dos direitos e aspirações dos trabalhadores e do povo»

[excerto]

O Orçamento do Estado é um momento importante na acção e intervenção e luta visando assegurar uma eficaz e efectiva resposta aos problemas nacionais, dos trabalhadores e do povo, mas não o único.

Ver vídeo
Defender, repor e conquistar direitos - Construir a alternativa patriótica e de esquerda

Defender, repor e conquistar direitos - Construir a alternativa patriótica e de esquerda

Nestes três anos da nova fase da vida política nacional, aberta com a luta dos trabalhadores e a acção decisiva do PCP foi possível, ainda que de forma limitada, fazer avançar medidas de reposição de direitos, salários e rendimentos dos trabalhadores e do povo e responder a alguns dos problemas mais sentidos pelo povo português.

Ver vídeo
«Só não se foi mais longe porque a força do PCP é ainda insuficiente»

«Só não se foi mais longe porque a força do PCP é ainda insuficiente»

Nesta nova fase da vida política vivemos um tempo de contradições onde o PCP, com um papel e uma intervenção insubstituíveis, não perdeu nem perde nenhuma oportunidade na luta pela reposição, defesa e conquista de direitos.

Sobre o resultado da segunda volta das eleições presidenciais no Brasil

Sobre o resultado da segunda volta das eleições presidenciais no Brasil

O resultado obtido pela candidatura de Bolsonaro nas eleições presidenciais no Brasil representa – na sequência do golpe de Estado institucional que destituiu a legítima Presidente Dilma Rousseff em 2016 e da prisão arbitrária e do impedimento da candidatura de Lula da Silva – um gravíssimo desenvolvimento da ofensiva contra os direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro, corporizado num programa de intensificação da exploração e ataque aos direitos sociais, de agressão às liberdades e à democracia, de abdicação da soberania nacional e subordinação ao imperialismo, de promoção de valores p

Comunicado do Comité Central do PCP de 28 de Outubro de 2018

Comunicado do Comité Central do PCP de 28 de Outubro de 2018

O Comité Central do PCP, reunido a 28 de Outubro de 2018, debateu aspectos da situação internacional e da União Europeia, apreciou a situação política, económica e social nacional, o desenvolvimento da luta de massas e definiu linhas de trabalho e orientações para a intervenção e reforço do Partido.