Não à privatização dos CTT

Jerónimo de Sousa participou em Lisboa, junto à estação dos correios dos Restauradores, numa acção de contacto com a população e os trabalhadores em defesa dos CTT, onde sublinhou que a privatização desta empresa pública implicaria a degradação do serviço postal, com o encerramento de estações, o aumento das tarifas e a destruição de postos de trabalho.

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Trabalhadores
  • Central