Economia e Aparelho Produtivo

Ver vídeo

PCP questiona Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social sobre OE 2018

Perguntas de Diana Ferreira aqui, de Rita Rato aqui, de Paula Santos aqui de Rita Rato aqui e Diana Ferreira aqui na Comissão Parlamentar sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2018.

PCP com ORT do sector dos Transportes

PCP com ORT do sector dos Transportes

O Grupo Parlamentar do PCP realizou uma audição com Organizações Representativas dos Trabalhadores do sector dos Transportes Públicos, para avaliar a proposta de Orçamento do Estado para 2017.

Redução do IMI

Ver vídeo

PCP questiona Ministro do Planeamento e das Infraestruturas sobre OE 2018

Perguntas de Bruno Dias aqui aqui, de Ana Mesquita aqui, de Paulo Sá aqui, de Paula Santos aqui, de Ana Virgínia aqui, de João Ramos aqui e Brun

Aumento da derrama estadual

Ver vídeo
«É de uma vida melhor dos portugueses que estamos a tratar»

«É de uma vida melhor dos portugueses que estamos a tratar»

No encerramento do debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2018, Jerónimo de Sousa afirmou na sua intervenção que "Valorizamos o facto de este Orçamento do Estado consolidar as medidas de reposição de direitos, salários e rendimentos tomadas nos últimos dois anos e dar novos passos nessa reposição, fazêmo-lo sem esconder a nossa discordância das opções que limitam a resposta que era possível e necessário encontrar para os problemas estruturais do país."

Ver vídeo

«A um posto de trabalho permanente tem que corresponder sempre um vínculo efectivo»

No debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2018, Rita Rato afirmou que "o emprego com direitos no sector público e no privado é uma condição de desenvolvimento do país, não existe precariedade má e precariedade aceitável, porque a um posto de trabalho permanente tem que corresponder um vínculo sempre."

Ver vídeo

«A tributação do capital está muito aquém do que seria justo e necessário»

No debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2018, Paulo Sá afirmou na sua intervenção que "com a intervenção e o contributo decisivo do PCP, o Orçamento do Estado para 2018 faz escolhas nesse sentido, aliviando os impostos de milhões de contribuintes de rendimentos mais baixos e intermédios."

Ver vídeo

«Em tudo que é avanço e conquista a proposta de Orçamento tem a intervenção do PCP»

No debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2018, Paulo Sá afirmou que "a proposta de Orçamento do Estado contém avanços que são de valorizar e que o PCP valoriza, mas sem os espartilhos que o PS impõe a si próprio poderíamos estar a dar outros passos para a melhoria da vida das pessoas, para a resolução dos problemas estruturais do país e para a superação das vulnerabilidades e dependências que tolhem o nosso desenvolvimento económico e social."