Posições Políticas

&quot;Outra vez a retaguarda ?&quot;<br />Vítor Dias no &quot;Semanário&quot;<span class="data">

21 de Novembro de 2003Salvo honrosas excepções - como os comentários de Miguel Sousa Tavares e de Alfredo Barroso e um silenciado comunicado do PCP (disponível em www.pcp.pt/actpol/temas/adminter/cp20031118.htm ) que desancou de alto a baixo a parvoeira reaccionária – passou quase relativamente impune nos últimos

Sobre a denominada Reforma da Administração Pública<br />

A chamada reforma da Administração Pública, apresentada com pompa e circunstância pelo Primeiro-Ministro Durão Barroso e classificada por alguns sectores como a reforma das reformas, tem como objectivo central o desmantelamento da Administração Pública, privatizando diferentes sectores e serviços, procedendo a alterações orgânicas em certos organismos com vista à sua privatização, a

Sobre graves declarações de Durão Barroso e Paulo Portas

1. O PCP entende indispensável chamar a atenção para a extraordinária gravidade e intolerável significado político e institucional de recentes declarações do Primeiro-Ministro e do Ministro da Defesa a propósito do envio para o Iraque de um contingente da GNR.

"Farronca e irresponsabilidade perante a História" - António Abreu na "Capital"

O assomo de farronca de Durão Barroso face ao atentado de Nassíria, esta fuga para a frente irresponsável de um dirigente político que aceita de qualquer maneira ser sub-empreiteiro dos interesses norte-americanos no Iraque, não é de estranhar. Habituou-nos a isso.

&quot;O início&quot;<br />Ruben de Carvalho no &quot;Diário de Notícias&quot;

O envio da GNR para o Iraque e as circunstâncias que o rodearam, incluindo o grave incidente com jornalistas portugueses, proporciona já uma evidência: o início não é dignificante para o País e, em particular, para o Governo.

&quot;TGV: datas e compromissos&quot;<br />Honório Novo no &quot;Jornal de Notícias&quot;

Não sou tão radical como Ludgero Marques, presidente da AEP (distinto militante e apoiante do PSD), quando afirma que o Governo, para justificar o avanço da ligação de TGV entre Lisboa e Madrid (via Elvas e Badajoz), teve de arranjar um bom embrulho, recheado com outras ligações em alta velocidade ao vizinho ibérico, divulgando, para dar um ar de seriedade e de compromisso ao acto, um

&quot;Novas escavaturas&quot;<br />Ilda Figueiredo no &quot;Semanário&quot;

Esteve recentemente em debate, em Lisboa, por iniciativa do PCP e do Grupo da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica, um tema da maior importância que actualmente atinge enormes proporções: o tráfico de mulheres e crianças, a prostituição, faces de uma nova escravatura.

O atentado em Nassyria e o envio do contingente da GNR<br />Declaração de Vítor Dias, da Comissão

O devastador atentado ocorrido em Nassyria vem confirmar que no Iraque não há zonas seguras e vêm pôr em evidência que, por condenável teimosia do Governo, os nossos compatriotas integrantes do contingente da GNR vão ser expostos a riscos consideráveis e muito preocupantes numa missão que, como ontem o PCP sublinhou em comunicado, «não corresponde a nenhum interesse nacio

Sobre a partida de um contingente da GNR para o Iraque

À beira da teimosa consumação da decisão governamental de enviar um contingente da GNR para o Iraque, o PCP reafirma uma vez mais a sua frontal oposição a este novo passo que agrava o desprestigiante envolvimento de Portugal na ilegítima ocupação militar do Iraque promovida e dirigida pela Administração norte-americana, envolvimento que, além do mais, afronta os sentimentos da grande maioria dos p

Encontro de partidos de esquerda em Paris

A convite do Partido Comunista Francês reuniram-se em Paris cerca de duas dezenas de partidos comunistas e outros partidos de esquerda da Europa, em que o PCP esteve representado por Albano Nunes, do Secretariado do Comité Central e responsável pelas relações internacionais e por Pedro Guerreiro, do CC do PCP e do secretariado político do Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/ Esquerda Ve