Declaração de José Lourenço, membro da Comissão de Actividades Económicas

Sobre o PIB no 2.º trimestre de 2018

Ver vídeo

''

São 4 as ilações a retirar dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) hoje divulgados pelo INE:

1. A economia portuguesa cresce a um ritmo superior a 2% há oito trimestres consecutivos

2. Este ritmo de crescimento é indissociável da devolução de rendimentos, do aumento das pensões e reformas, do aumento do Salário Mínimo Nacional e da redução da carga fiscal sobre o trabalho.

3. Este ritmo de crescimento, sem desequilíbrio da balança externa, obriga a uma aposta na produção nacional e no investimento.

4. Dado o elevado nível de desinvestimento feito na economia nas últimas décadas são elevados os recursos financeiros necessários para alavancar esse investimento e o país só terá esses recursos se se libertar das amarras do défice e da dívida a que está sujeito pela União Europeia.

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Central
  • PIB

Partilhar