Seminário Internacional

«A Revolução Portuguesa e a Situação na Europa e no Mundo 40 anos depois»

O Partido Comunista Português realizou no dia 5 de Setembro, no concelho de Almada, o Seminário Internacional “A Revolução Portuguesa e a situação na Europa e no Mundo 40 anos depois”, que contou com a participação de 42 partidos comunistas e forças progressistas de 34 países.

No início dos seus trabalhos, o Seminário recebeu uma saudação do Secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, que agradeceu as presenças como sendo uma expressão de solidariedade com o PCP e o nosso País, solidariedade que em muitos casos foi manifestada com a luta antifascista do povo português e com a Revolução de Abril e que se prolonga hoje na luta comum dos trabalhadores e dos povos seus pelos direitos e pela soberania nacional.

Neste Seminário, o PCP teve oportunidade de dar a conhecer as suas reflexões sobre a Revolução portuguesa e sobre as profundas transformações da situação em Portugal e no mundo que se verificaram nos últimos 40 anos, assim como os diferentes partidos e forças participantes tiveram oportunidade de dar a conhecer as suas reflexões e experiências, no quadro da diversidade de situações, de trajectória e de condições em que intervêm.

Um Seminário que evidenciou o significado da Revolução portuguesa, a profundidade das suas conquistas e valores, e que permitiu aprofundar a análise das grandes alterações na situação internacional verificada nos últimos 40 anos.

Num momento em que se agudizam as contradições e se aprofunda a crise estrutural do capitalismo, em que o imperialismo intensifica a sua escalada de agressão aos povos, o Seminário pôs em evidência a necessidade do reforço da luta pela paz, pela defesa da soberania e independência nacionais, assim como a necessidade do fortalecimento da solidariedade e cooperação entre partidos comunistas e operários e outras forças progressistas, sempre no respeito pela identidade e soberania de cada um.

>
  • Central
  • Iniciativas e Encontros Internacionais

Partilhar