Posições Políticas

Sobre o Secretariado provisório saído do acordo de 25 de Agosto

1. No dia 25 de Agosto de 1975, numa reunião realizada entre representantes dos seguintes partidos e organizações políticas: FSP, LCI LUAR, MES, MDP/CDE, PCP, PCP-BR e 1º DE MAIO, chegou-se a várias conclusões, entre as quais:

Acerca da Conferência de Imprensa do PCP do dia 28.8.75

Em relação com a proposta feita pelo PCP na Conferência de Imprensa do camarada Álvaro Cunhal do dia 28 de Agosto, têm sido feitas numerosas perguntas à Secção de Informação e Propaganda do PCP.

Pergunta-se se o encontro proposto visa uma negociação entre adversários ou um encontro entre aliados.

Resposta de Álvaro Cunhal na Conferência de Imprensa de 28 de Agosto de 1975

[Depois de lido o documento da Comissão Política da Comité Central do PCP. Álvaro Cunhal respondeu às perguntas dos jornalistas nos seguintes termos:]

Le Monde lembra que na minha última conferência de imprensa afirmei que, de momento, o V Governo Provisório estava bem e pergunta se se mantém esta apreciação.

Proposta do Partido Comunista Português para a solução da crise actual

[Extractos da declaração da Comissão Política do Comité Central do PCP, apresentada por Álvaro Cunhal, Secretário-Geral do Partido na Conferência de Imprensa realizada em Lisboa em 28 de Agosto de 1975 no Centro de Trabalho do PCP em Alcântara.]

Intervenção de Álvaro Cunhal na Reunião Plenária do Comité Central do PCP

Camaradas:

Aos organismos executivos do Comité Central pôs-se a questão de ouvir a opinião do Comité Central quanto às decisões que podem ter que tomar a curto prazo em relação à questão do poder político.

Sobre a formação do V Governo Provisório

1. A formação do novo governo do General Vasco Gonçalves tem lugar num momento particularmente grave da revolução portuguesa.

Sobre as tentativas de evitar a formação e posse do V Governo Provisório

O PCP tomou conhecimento de dois documentos distribuídos na noite do dia 7 para 8. Um assinado por um grupo de oficiais, outro pelo Secretário-Geral do Partido Socialista. Distribuídos à pressa nas vésperas da apresentação do novo governo, essas iniciativas visavam manifestamente tentar ainda evitar, à ultima hora, a sua formação e posse.

Grande manifestação popular de apoio ao MFA

A Comissão Política do Comité Central do Partido Comunista Português, correspondendo às insistentes propostas de comités e células do Partido e de diversas organizações de trabalhadores, resolveu convocar para o dia 28, quarta-feira, uma grande manifestação popular de apoio ao MFA, em defesa das liberdades e pela construção de um Portugal democrático a caminho do socialismo.

Sobre a decisão dos dirigentes do PS deixarem de participar no Conselho de Ministros

1. Hoje, dia 22 de Maio, o PCP foi surpreendido pela decisão dos dirigentes do PS de deixarem de participar no Conselho de Ministros enquanto não forem aceites determinadas condições.

Sobre as decisões de 13 de Maio do Conselho de Ministros Restrito

1. O Partido Comunista Português apoia e saúda as disposições aprovadas pelo Conselho de Ministros restrito, na sua reunião de 13 de Maio, sobre novas nacionalizações que abarcam três importantes ramos da economia nacional, sobre a elevação do salário mínimo e as outras actualizações salariais, tanto na função pública como no sector privado, sobre algumas medidas de austeridade.