PCP propõe a valorização e reforço da prestação de cuidados de saúde no Hospital da Senhora da Oliveira em Guimarães

Srª. Presidente,
Sr. Deputados,

Começamos por saudar os peticionários aqui presentes e os mais de 4 mil e seiscentos cidadãos que subscreveram a petição.

As iniciativas de defesa do hospital levadas a cabo pelos utentes do hospital Senhora da Oliveira e a dedicação dos seus profissionais têm sido fundamentais para a preservação da prestação de cuidados de saúde que ali são praticados e para minimizar os efeitos perniciosos da política levada a cabo por sucessivos governos e, de forma particular pelo anterior.

Foi a luta travada pelos utentes, pelos profissionais de saúde e a vossa luta, aliada à nova correlação de forças na AR saída das eleições de 4 de outubro, que contribuiu para a revogação da portaria 82/2014.

Muito pertinente é a vossa exigência para a realização das obras no serviço de urgência.

O serviço de urgência está subdimensionado e não apresenta condições condignas para a prestação de cuidados de saúde à população.

Há muito que são reclamadas e prometidas as obras. E apesar de ter sido aprovada uma resolução aqui na anterior legislatura o anterior governo não a cumpriu. Hoje o CDS que nada fez nos últimos 4 anos vem agora propor o que não fez, branqueando as suas responsabilidades.

O PCP traz, mais uma vez, uma iniciativa que resolve os problemas do hospital de Guimarães. Neste sentido propomos que:

- sejam iniciadas ainda em 2016 as obras no serviço de urgência;
- seja reforçado o quadro pessoal do hospital;
- sejam melhoradas as condições de trabalho dos profissionais de saúde e,
- se reforce a unidade de internamento de cabeceiras de basto.

Disse

>
  • Saúde
  • Assembleia da República
  • Intervenções
  • Guimarães
  • Hospital da Senhora da Oliveira

Partilhar