Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

Sobre as eleições em Espanha

Os resultados das eleições que ontem se realizaram em Espanha expressam a rejeição do PP e seus aliados.

As forças de direita e da extrema-direita franquista assumida (PP, Ciudadanos e VOX), tendo-se apresentado de forma fragmentada, não conseguem alcançar a maioria no parlamento mesmo aglutinadas.

O PSOE, embora aumentando a sua votação, fica significativamente aquém da maioria absoluta.

A coligação eleitoral Unidas Podemos, promovida pela Esquerda Unida – que integra o Partido Comunista de Espanha –, o Podemos e diversas forças políticas em várias regiões de Espanha, embora vendo reduzida a votação do conjunto das forças que a compõem, alcançam um resultado que lhe permite pesar na concretização de uma política que corresponda a uma efectiva mudança.

O PCP expressa a sua solidariedade aos comunistas, aos trabalhadores e aos povos de Espanha, confiante de que pela sua luta, e nas condições específicas da realidade social e política de Espanha, conquistarão o caminho que dê uma efectiva resposta aos seus interesses e legítimas aspirações.

>
  • Questões Internacionais
  • Espanha

Partilhar