Secretário-Geral visita as ilhas do Faial e do Pico

"É fundamental aumentar a produção nacional"

O Secretário-Geral do PCP, Jerónimo de Sousa, esteve sexta-feira e Sábado nas ilhas do Faial e do Pico, onde participou em diversas iniciativas, acompanhado pelo primeiro candidato da CDU Açores, Aníbal Pires.

Jerónimo de Sousa reuniu com a Associação de Jovens Agricultores Faialenses e ouviu as queixas dos agricultores, que vêm a sua situação difícil agravada pelas práticas das grandes superfícies, pela desresponsabilização do Estado e ainda pelo fim das quotas leiteiras, opção assumida por PS, PSD e CDS. Os produtores vivem assim com grande incerteza e preocupação.

Jerónimo de Sousa recordou a Resolução que o PCP conseguiu fazer aprovar na Assembleia da República, para que os refeitórios públicos, cantinas escolares e dos hospitais sejam fornecidas com leite nacional. O Secretário-Geral do PCP afirmou que "não temos de aceitar as imposições da União Europeia" e que a primeira medida que o PCP continua a defender é a reavaliação do fim das quotas, mas também o controle das práticas comerciais das grandes superfícies, que muitas vezes favorecem o leite estrangeiro é outra medida que pode favorecer a produção nacional e aliviar a situação dos pequenos agricultores.

Num jantar convívio com apoiantes da CDU na ilha do Faial, Jerónimo de Sousa referiu a necessidade de aumentar a produção nacional, fazendo crescer a geração de riqueza e a criação de emprego, que considerou ser "uma questão fundamental, decisiva para o futuro do nosso país". Falando sobre o sector agrícola, o Secretário-Geral referiu os enormes condicionamentos que este sofre por causa das imposições da União Europeia e acusou o PS, o PSD e o CDS de nada fazerem para defender este sector devido ao compromisso que assumiram com as políticas que estão a destruir a nossa agricultura.

Jerónimo de Sousa referiu-se ainda à situação política nacional, que demonstra se o PCP tivesse mais força, na luta mas também no voto, poderíamos estar numa situação diferente. Vale a pena dar mais força ao PCP e à CDU, pois é um voto que conta e que dá força aos que lutam pelos direitos dos trabalhadores e do Povo.

Na Ilha do Pico, Jerónimo de Sousa visitou a Cooperativa Vitivinícola, onde sublinhou a relevância desta organização que reúne mais de 240 produtores e participou depois num almoço com activistas da CDU e sublinhou a importância da participação de tantos homens e mulheres independentes, democratas corajosos, que querem o melhor para a sua terra e que querem dar mais força e ânimo aos que lutam com coerência e determinação pela justiça e pelo desenvolvimento.

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Central
  • Açores
  • produção leiteira nacional
  • Produção nacional