Comunicado do Secretariado do Comité Central do PCP

Faleceu José Vitoriano

O Secretariado do Comité Central do Partido Comunista Português informa, com profunda mágoa e tristeza, o falecimento hoje, dia 3 de Fevereiro, aos 88 anos e após prolongada doença, de José Rodrigues Vitoriano, destacado resistente antifascista e militante comunista, cuja longa vida se confunde com a luta dos trabalhadores e do Partido Comunista pela liberdade, a democracia e o socialismo.

José Vitoriano, operário corticeiro, aderiu ainda jovem ao Partido Comunista Português em 1941 e ingressou nos seus quadros de funcionários em 1951.

Foi Presidente do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Faro, de 1945 a 1948 e pertenceu à Comissão Sindical Nacional do PCP de 1947 a 1948.

Foi preso a primeira vez pela PIDE em 1948, tendo sido libertado em Maio de 1950, passou à clandestinidade pouco tempo depois. Preso novamente em Janeiro de 1953, foi condenado a 4 anos e Medidas de Segurança e só veio a ser libertado em Agosto de 1966. Ingressou novamente na clandestinidade, em Janeiro de 1967, situação em que se encontrava na altura do 25 de Abril.

José Vitoriano passou ao todo 17 anos nas cadeias fascistas.

José Vitoriano foi membro do Comité Central de 1967 a 2000; membro do Secretariado do Comité Central de 1968 a 1972; membro da Comissão Política do C.C. de 1976 a 1988 e membro da Comissão Central de Controlo de 1988 a 2000.

Foi deputado à Assembleia da República de 1977 a 1987 e seu Vice-presidente até 1984.

O corpo de José Vitoriano estará em câmara-ardente a partir das 16h30 de hoje, na Igreja de S. João de Deus (Praça de Londres - Lisboa) e o funeral realizar-se-á amanhã, dia 4 de Fevereiro, pelas 16h15, para o Cemitério dos Olivais, onde será cremado, pelas 17h30.

>
  • PCP
  • Central
  • José Vitoriano

Partilhar