Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

A crise na e da União Europeia

A crise na e da União Europeia

Realizou-se, ontem, no Hotel Roma, o seminário «A crise na e da União Europeia – da crise económica, aos refugiados e ao terrorismo», co-organizado pelo PCP e o GUE/NGL – Grupo Confederal da Esquerda Europeia/Esquerda Verde Nórdica no Parlamento Europeu.

Uma iniciativa que aprofundou a reflexão sobre a profunda e persistente crise em que a União Europeia está mergulhada nas suas diversas vertentes. A crise económica do euro, a crise humanitária dos refugiados, o “BREXIT”, o ascenso das forças de extrema direita e do nazismo, entre outras vertentes da crise na e da UE abordadas na iniciativa, são expressão do aprofundamento da crise estrutural do capitalismo na Europa, a que procuram responder com o aprofundamento dos seus pilares: o neoliberalismo, o federalismo e o militarismo.

Para os trabalhadores e os povos, as consequências são a perda de soberania, austeridade, empobrecimento, desemprego, desigualdades crescentes, regressão de direitos sociais e laborais, destruição de serviços públicos.

A situação coloca a necessidade de rupturas democráticas e progressistas que abram um caminho alternativo, protagonizado pelas forças de esquerda e do progresso, visando a construção de uma outra Europa dos trabalhadores e dos povos, de cooperação e respeito mútuo pela soberania dos países, de paz e solidariedade.

Remetem-se em anexo as intervenções de abertura e encerramento do seminário proferidas por João Pimenta Lopes, deputado do PCP no Parlamento Europeu e Ângelo Alves, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, respectivamente.

Participaram na iniciativa, além dos deputados do PCP ao Parlamento Europeu, João Ferreira e Miguel Viegas, convidados internacionais e nacionais:

- Stavri Kalopsidiotou, membro do Comité Central e do Gabinete de Assuntos Europeus do AKEL, Chipre;
- Liz Payne, Presidente do Partido Comunista Britânico, Reino Unido;
- Fabio Amato, responsável do Departamento Internacional do Partido da Refundação Comunista, Itália;
- Patrick Margate, membro do Departamento Internacional do Partido Comunista Francês;
- Aleeksiy Volomyr, membro do Comité Central do Partido Comunista da Ucrânia;
- Augusto Praça, membro da Comissão Executiva da CGTP-IN;
- Ilda Figueiredo, Presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação;
- João Dinis, dirigente da Confederação Nacional da Agricultura;
- João Rodrigues, Economista e Professor Auxiliar da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra;
- José Goulão, Jornalista, especialista em assuntos internacionais;
- Miguel Tiago, Deputado do PCP na Assembleia da República;
- Paula Santos, Deputada do PCP na Assembleia da República;
- Paulo Costa, membro do colectivo do PCP no Parlamento Europeu.

>
  • União Europeia
  • Notas de Imprensa
  • Parlamento Europeu
  • Brexit
  • refugiados
  • Terrorismo
  • União Europeia

Partilhar