Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Miguel Viegas no Parlamento Europeu

Apoios à recuperação do mosteiro de Alcobaça

A abadia cisterciense de Santa Maria de Alcobaça, fundada em 1153 por D. Afonso Henriques, nasceu de uma doação do primeiro rei a Bernardo de Claraval. Começada a construir em 1178, vinte e cinco anos após a chagada dos monges brancos a Alcobaça, só em 1222-1223 começou a ser habitada. Foi uma das mais poderosas abadias da Ordem de Cister. O seu valor é internacionalmente reconhecido, estando classificada como Património da Humanidade pela Unesco desde 1989.
Partes significativas deste monumento encontram-se fortemente degradado e carecem de obras urgentes de recuperação e requalificação. A deterioração de tetos  e pavimentos é visível em muitas dependências. Os constrangimentos financeiros ligados ao período de intervenção da Troika explicam em parte esta situação.
Pergunto à Comissão Europeia que apoios existem ao nível dos fundos estruturais ou outros programas de apoio à valorização do património cultural visando a recuperação desta abadia, seja de forma direta seja através da associação “Carta Europeia de Abadias e Sítios Cistercienses” e da Rota Europeia das Abadias Cistercienses.

>
  • União Europeia
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu

Partilhar