Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

Sobre a aprovação do valor do Subsídio de Risco para as Forças de Segurança

1- O Conselho de Ministros tornou público a aprovação do valor do Subsídio de Risco para as Forças de Segurança. Como reiteradamente o PCP tem expressado, o valor aprovado pelo Governo, na sequência da não consensualização com as estruturas sindicais e sócio-profissionais das forças de segurança, não responde às legítimas expectativas dos respectivos profissionais.

2- O PCP sublinha que, nesse quadro negocial, uma das propostas adiantava um horizonte temporal de três anos para ser atingido o valor de 400 euros, dando deste modo uma latitude para acomodamento, caminho que o Governo recusou.

3- O PCP regista que a decisão agora adoptada pelo Governo, frustrando legítimas expectativas, se soma a todo um outro vasto conjunto de problemas que continuam sem resposta, dos quais se destaca o pagamento do subsídio Covid e o cumprimento do disposto sobre pré-aposentações.

4- O PCP, saudando o conjunto diversificado de acções dos profissionais das forças de segurança em torno das suas justas reivindicações, considera que a decisão agora tomada pelo Governo vai no caminho errado.

>
  • Segurança das Populações
  • Central
  • Policia
  • PSP