Declaração de Paula Santos, Deputada do PCP à Assembleia da República

PCP exige diversificação da aquisição de vacinas

Ver vídeo

''

Na sequência da intervenção do PCP no combate à epidemia e na necessidade urgente de acelerar a vacinação para proteger a população, o PCP entregou hoje um Projeto de Resolução em que recomenda ao governo que tome diligências e, no quadro de sua opção soberana, possa diversificar a aquisição de vacinas autorizadas e reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde e que sejam naturalmente reconhecidas e autorizadas pela Autoridade Nacional do Medicamento o INFARMED de forma a acelerar o processo de vacinação no nosso país. Propomos igualmente que intervenha no âmbito da Organização Mundial de Saúde e das Nações Unidas com o objetivo de suspender a validade das patentes da indústria farmacêutica, permitido assim a partilha do conhecimento e o alargar da produção de vacinas por forma a que possam chegar mais rapidamente às populações para a sua vacinação.

Consideramos que é fundamental o investimento na criação das condições para a produção de vacinas no nosso país - e essa é uma outra proposta do PCP - bem como o apoio à investigação dos centros, unidades de investigação públicas com as instituições de ensino superior com o Laboratório Nacional do Medicamento nesta área.

Estamos confrontados com inúmeros dificuldades nomeadamente no fornecimento de vacinas. têm-se registado inúmeros atrasos e perante esta realidade é preciso de fato tomar medidas e as medidas concretas que permitam acelerar a vacinação que permitam de uma forma mais rápida proteger a população e dar combate à epidemia passa pela aquisição de vacinas que permitam de facto alcançar estes objetivos.

>
  • Saúde
  • Soberania, Política Externa e Defesa
  • União Europeia
  • Assembleia da República
  • coronavírus
  • COVID
  • COVID-19
  • Covid19
  • epidemia
  • saúde
  • SNS
  • União Europeia
  • Vacinas