PCP condena o golpe no Sudão e solidariza-se com o povo sudanês

O Partido Comunista Português condena o golpe de Estado militar no Sudão e expressa a sua solidariedade para com as mobilizações populares que resistem às forças golpistas e aos seus planos antidemocráticos.

O PCP exige o fim da repressão sobre o povo sudanês e as forças democráticas, assim como a imediata libertação de todos os detidos.

O PCP denuncia a ingerência do imperialismo no Sudão, que visa assegurar o controlo e a exploração dos seus recursos naturais e a inserção deste país na sua estratégia de domínio desta importante região no continente africano.

O PCP reafirma a sua solidariedade para com o Partido Comunista Sudanês e a persistente e corajosa luta dos trabalhadores e do povo sudanês pelos seus direitos e liberdades fundamentais, pela democracia e o progresso social, pelo fim da ingerência do imperialismo.

>
  • Declarações e Comunicados do PCP
  • Paz e Solidariedade
  • Sudão