Intervenção de Celso Costa, Membro do Secretariado da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP, XX Congresso do PCP

Organização Regional do Algarve

Ver vídeo

''

Camaradas

Em nome da Direcção da Organização Regional do Algarve, uma forte saudação ao XX Congresso do Partido.

Camaradas

O Algarve vê-se hoje confrontado com uma situação económica e social resultante de décadas de política de direita, particularmente agravada nos anos do governo do PSD/CDS, que se caracterizou por uma brutal ofensiva contra trabalhadores e populações, na região o desemprego subiu, a precariedade alastrou, a exploração aumentou, a pobreza cresceu, as condições de vida ficaram piores, aumentou a emigração.

No sector produtivo, continua o desprezo pelas actividades ligadas ao mar, os incêndios continuam a devastar o meio rural e a floresta, a débil indústria algarvia leva mais um golpe com o lay-off na cimenteira Cimpor em Loulé.

A falta de investimento público traduziu-se no atraso da requalificação da Estrada Nacional 125, da linha ferroviária, dos portos algarvios, e as portagens na Via-do-Infante continuam a ser um roubo à região.

Os serviços públicos degradam-se, tendo mesmo fechado escolas, centros de saúde, e tribunais. O caso da saúde merece particular destaque pela sua gravidade. O que se assiste hoje em dia nos hospitais e centros de saúde algarvios é uma gritante falta de profissionais, de meios e material clínico.

Contraditória é a situação do sector da hotelaria e do turismo, se nos últimos anos tem havido um significativo aumento da actividade, e logo das vendas e lucros deste sector, contudo persiste uma política de baixos salários, precariedade, e utilização abusiva de trabalho não pago, como são os estagiários.

Mas a tudo isto, trabalhadores e populações têm dado resposta com luta, e o Partido, cumprindo o seu papel tem dinamizado e incentivado a luta. Luta que foi e tem sido determinante, quer no combate à ofensiva do governo PSD/CDS, quer agora nesta nova fase da vida política nacional, para defender, repor, e conquistar direitos e rendimentos.

Valorizar por isso: a luta dos moradores das ilhas-barreira em defesa da Ria Formosa e contra as demolições; a defesa do SNS em lutas consecutivas por parte de utentes; no aeroporto a luta contra despedimentos e deficientes condições de trabalho; na hotelaria os trabalhadores têm multiplicado as acções por aumentos salariais; no comércio e outros sectores também tem havido lutas por melhores condições e salários; os reformados que têm vindo para a rua em defesa do aumento das reformas e pensões; e pais, alunos, professores e auxiliares que se têm manifestado contra a degradação do ensino e das escolas.

Camaradas,

O PCP está mais forte no Algarve.

Dando seguimento às medidas decididas pelo Comité Central, e às conclusões da 8ª Assembleia da Organização, o Partido reforçou-se.

Esse reforço passou pelo contacto com os militantes para entrega do novo cartão e elevação da militância, tomaram-se medidas de melhorar a estrutura da organização, que permitiram a criação de células de empresa e sector. O número de Avantes vendidos cresceu ligeiramente, e entre congressos inscreveram-se mais de 200 novos militantes, que apesar de insuficiências, muitos estão organizados e com tarefas.

A Campanha de Fundos da Quinta do Cabo foi um êxito na região e fomos mais longe do que o objectivo inicial.

No plano eleitoral, reelegemos um deputado nas legislativas de 2015, e nas autárquicas de 2013 reforçamos o número de eleitos em todos os órgãos, salientar 20 anos depois a CDU recuperou a Câmara Municipal de Silves.

Camaradas,

A preparação do XX Congresso na Organização do Algarve, nas suas diferentes fases, envolveu mais de 1200 camaradas, em mais de 100 reuniões. Foram tomadas medidas para que as Teses chegassem ao maior número de militantes, o que se reflectiu na participação e discussão, e que demonstrou uma grande unidade e coesão do Partido.

O Partido vai continuar a reforçar-se no Algarve, e este congresso será agora uma alavanca para esta tarefa.

Sairemos do Congresso mais unidos, mais confiantes, mais determinados em levar avante as linhas de trabalho decisivas para alcançarmos os objectivos da Democracia Avançada, do Socialismo e do Comunismo.

Viva o XX Congresso!
Viva o PCP!

>
  • Intervenção
  • XX Congresso do PCP
  • PCP
  • Algarve

Partilhar