Intervenção de Manuel Guedelha, Membro do Secretariado da Direcção da Organização Regional de Viseu do PCP, XX Congresso do PCP

Organização Regional de Viseu

Ver vídeo

''

Camaradas e amigos

Em nome da Organização Regional de Viseu saúdo o XX Congresso do PCP, todos os delegados e convidados.

Camaradas

O PCP não se fica pela enumeração das políticas de direita que têm causado a desertificação humana, o atraso estrutural por falta de investimento, a perda de rendimentos da população do Distrito, que tiveram no governo PSD/CDS os protagonistas mais assanhados. Evidenciamos também as potencialidades económicas, sociais e culturais existentes e empenhamo-nos na sua concretização.

As lutas travadas no Distrito contra o encerramento dos Tribunais em Resende, S.João da Pesqueira, Vouzela, Castro Daire, Armamar, em defesa da agricultura familiar e dos Baldios com fortes mobilizações para manifestações nacionais, acções pelo pagamento de indemnizações pelos ataques dos lobos aos rebanhos no Concelho de Cinfães, em defesa do serviço nacional de saúde, em Tendais, Lordosa/Calde, Vila Nova de Paiva, a continuação da luta contra as portagens na A24 e na A25, a luta da população da Lapa do Lobo pela reposição da paragem dos comboios regionais, o decisivo contributo do PCP para a luta vitoriosa dos ex-mineiros da ENU e seus familiares que ao fim de 15 anos de combate viram finalmente ser-lhes concedidas as justas indemnizações por morte ou incapacidade profissional devido à exposição à radioactividade, dão consciência social e ensinam às populações e aos trabalhadores o caminho para a resolução de problemas colectivos.

Na frente eleitoral, os resultados da CDU nas eleições realizadas desde o último Congresso, deram continuidade a importantes avanços obtidos em eleições anteriores. Nas autárquicas aumentámos 1.238 votos para as A. Municipais, obtendo 6 mandatos (Armamar, Lamego, Moimenta da Beira, Nelas, Tondela e Viseu), mais 4 que nas anteriores, sendo que em Nelas, Moimenta e Viseu há 30 anos que não elegíamos. Mantivemos ainda a maioria absoluta na freguesia de Real, no concelho Penalva do Castelo.

Estes resultados possibilitaram a elevação do nível de intervenção do PCP em defesa das populações, dando mais visibilidade à nossa mensagem e proposta política.

No âmbito da acção «Mais organização, mais intervenção, maior influência, um PCP mais forte», realizámos 14 Assembleias de Organização envolvendo 19 Organizações Concelhias e concretizámos a X Assembleia da Organização Regional de Viseu. Atingimos os 92% na acção de Contacto com todos os membros do Partido, aumentando o recebimento de quotas, a integração de militantes em organismos e sua responsabilização por tarefas, tomámos posição em notas de imprensa, comunicados, Boletins e sua distribuição pública; a par das acções de venda pública criamos ADE do Jornal Avante! em Nelas, Santiago de Besteiros, Carregal do Sal, Penalva do Castelo, Moimenta da Beira, aproximando-nos da meta estabelecida.

Mantivemos níveis assinaláveis de recrutamento com mais 130 novos militantes desde o último Congresso. Apesar deste reforço da organização e acção do Partido, persistem atrasos e insuficiências na ligação às empresas e sectores profissionais, no recebimento de quotas, na estruturação e na responsabilização de mais camaradas por organizações. Intervir de forma oportuna, dinamizar acções de luta, organizar os trabalhadores em defesa dos seus interesses, passa por mais e melhor organização do PCP nas empresas e locais de trabalho.

Camaradas,

Os militantes da Organização Regional de Viseu do PCP estão empenhados em dar o seu contributo revolucionário para derrotar a política de direita e implementar no nosso País uma política patriótica e de esquerda, que desenvolva uma democracia avançada alicerçada nos valores de Abril, que queremos ver florir em Portugal tendo o Socialismo e o Comunismo como objectivo final.

Viva o XX Congresso do PCP
Viva a JCP
Viva o Partido Comunista Português!

>
  • Intervenção
  • XX Congresso do PCP
  • PCP
  • Viseu

Partilhar