Sobre a especulação a propósito das obras de recuperação do edifício do Centro de Trabalho do PCP na Ajuda

Todos os aspectos decorrentes das obras de recuperação do edifício do Centro de Trabalho do PCP na Ajuda estão a ser considerados em diálogo com a direcção da associação de reformados. É falso que se esteja a promover um processo de despejo. A especulação que está a ser feita só encontra explicação em motivações alheias ao interesse dos reformados.

O PCP passou de arrendatário a proprietário do edifício sito na Rua das Mercês. Face à insolvência do anterior proprietário, o PCP adquiriu o edifício em hasta pública, passando a proprietário do referido prédio.

O prédio serve actualmente de Centro de Trabalho do PCP e no seu R/C mantém-se o centro de actividade da CURIFA que, por razões de necessidade de obras na sua Sede na Calçada da Ajuda, 226, aí se encontra provisoriamente.

Importa referir que o anterior proprietário já havia sido notificado pela Sociedade de Reabilitação Urbana Ocidental (SRU Ocidental) para a realização de obras estruturais em todo o prédio.

Estando já em elaboração e apreciação o projecto, e assim que o mesmo esteja aprovado, as obras deverão iniciar-se o quanto antes, obrigando naturalmente à saída de todos os ocupantes do prédio para a sua realização, incluindo o Centro de Trabalho do PCP.

Neste sentido, tem sido levado a cabo uma iniciativa conjunta entre o PCP e a CURIFA, incluindo a verificação da situação da sua sede e das medidas para a sua utilização, mobilizando esforços para que a Associação possa regressar à sua sede, espaço que, pela sua especial localização, configuração, dimensão e história, garante as condições dignas e necessárias ao desenvolvimento da sua importante actividade. Iniciativa e diligências que envolvem o contacto com instituições no sentido de uma instalação provisória, se tal se colocar como necessário, entre o início das obras no edifício da Rua das Mercês e a realização das obras na sede da CURIFA, na Calçada da Ajuda.

A realização das obras pelo PCP em todo o edifício tem por objectivo não o de fins turísticos ou de alojamento local, mas para o adequar às suas necessidades e ao desenvolvimento da sua actividade.

>
  • PCP
  • Central

Partilhar