Declaração de Pedro Guerreiro, membro do Comité Central do PCP

Sobre as eleições em França

Os resultados da segunda volta das eleições legislativas francesas, com a vitória do PSF, inserem-se no processo que se iniciou com as eleições presidenciais, realizadas a 6 de Maio, traduzindo um sentimento de rejeição da política praticada por Sarkozy e o seu partido e expectativas de mudança que declarações e posições já assumidas por Hollande, Presidente recém-eleito, estão já a contradizer.

Os resultados do PCF, obtidos no quadro da Frente de Esquerda - que não traduzem em número de mandatos o reforço eleitoral obtido na primeira volta –, não podem deixar de ser lidos à luz de um sistema eleitoral profundamente anti-democrático e da artificial bipolarização que dele decorre.

O PCP reitera a sua solidariedade aos trabalhadores, ao povo e aos comunistas franceses na sua luta.

Na grave situação económica e social que evidencia a grave crise do capitalismo, do processo de integração capitalista europeia e as consequências da política de direita praticada em diversos países, o PCP considera que a solução para os problemas dos trabalhadores e dos povos passa pelo continuação e reforço da luta pela ruptura com a política de exploração e empobrecimento e as imposições antidemocráticas dirigidas pelo grande capital contra cada país.

>
  • Central
  • Declarações e Comunicados do PCP
  • Iniciativas e Encontros Internacionais

Partilhar