de voto de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

Saída do Reino Unido da UE

A posição da resolução é clara quando logo no ponto A se refere à saída do Reino Unido da União Europeia como “um acontecimento lamentável e sem precedentes”, revelando, uma vez mais, a pressão e chantagem da UE e das suas instituições sobre a vontade soberana do povo britânico. Ainda que não se conheça o desfecho do processo, reafirmamos que a decisão do povo britânico deve ser respeitada e interpretada correctamente, e não defraudada ou deturpada, só assim pode haver respeito pela democracia e soberania. Também não aceitamos que a saída do Reino Unido da União Europeia seja utilizada para, em nome de supostos “ajustamentos” ou “impactos” futuros, intensificar os ataques aos direitos sociais e laborais, no Reino Unido ou em outros Estados da União Europeia. Independentemente do desfecho final deste processo, os direitos dos trabalhadores migrantes, nomeadamente dos cidadãos portugueses que trabalham e vivem no Reino Unido, devem ser preservados. Por tudo isto, votámos contra esta resolução.

>
  • União Europeia
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu

Partilhar