Voto de Pesar

Pesar pelo falecimento de Manuel Jorge Veloso

Ver vídeo

''

Manuel Jorge Souto Sousa Veloso, militante comunista, músico, compositor, realizador de rádio, crítico musical e de televisão, cronista, pioneiro da TV e do jazz em Portugal, morreu na passada quarta feira, em Lisboa, aos 82 anos.

Com formação musical clássica, foi membro fundador do Quarteto do Hot Clube de Portugal, o primeiro grupo português com atividade jazzística exclusiva e regular. Integrou o Quarteto de Dexter Gordon no I Festival Internacional de Jazz de Cascais, tendo tocado com inúmeros músicos de jazz portugueses e estrangeiros.

Na televisão, entre 1958 e 1971, foi produtor de programas de música clássica e de jazz na RTP, onde mais tarde foi membro da Comissão Diretiva de Programas e Chefe do Departamento de Programas Musicais. Foi também assistente de produção da série «O Povo que Canta» (Michel Giacometti).

Na rádio, foi autor e apresentador de vários programas de jazz na ex-EN, ex-RCP e RR e RDP (Antena 2).

No cinema, compôs a música para as longas-metragens Belarmino e Uma Abelha na Chuva (Fernando Lopes) e Pedro Só (Alfredo Tropa) e para cerca de uma dezena de curtas-metragens de Fernando Lopes, Faria de Almeida e António Macedo.

Foi professor na Escola de Cinema do Conservatório Nacional, produtor discográfico, tradutor, coordenador e autor. Escreveu artigos de divulgação sobre jazz em vários jornais e revistas, realizava regularmente conferências sobre jazz, escreveu notas para folhas de sala de concertos de jazz e foi autor do blog O Sítio do Jazz.

Foi membro da direção da Juventude Musical Portuguesa e Secretário-Geral da Academia de Amadores de Música.

Militante do PCP, integrou a redação do «Avante!» e fazia parte da Comissão de Espetáculos da Festa do «Avante!» onde tinha um papel determinante na conceção e organização das noites de música clássica na programação de jazz.

A Assembleia da República, reunida em 15 de novembro de 2019, expressa o seu pesar pelo falecimento de Manuel Jorge Veloso e envia aos seus familiares sentidas condolências.

>
  • Cultura
  • PCP
  • Votos

Partilhar