Nota do Gabinete de Imprensa dos Deputados do PCP ao PE

Pergunta com pedido de resposta escrita à Comissão Europeia Impacto do furacão “Lorenzo” na Região Autónoma dos Açores

A passagem do furacão “Lorenzo” pela Região Autónoma dos Açores provocou uma significativa destruição e prejuízos muito avultados, ainda não inteiramente estimados. Os grupos ocidental (Flores e Corvo) e central (Faial, Pico, São Jorge, Terceira e Graciosa) foram os mais afetados. No total, mais de cinquenta pessoas foram desalojadas. Para além de casas, foram destruídas diversas infraestruturas, nomeadamente de telecomunicações e iluminação, entre outras.
Na ilha das Flores ocorreu a destruição do porto comercial, o que coloca em causa o abastecimento de combustíveis e de bens alimentares às Flores e ao Corvo. A lancha “Ariel”, que faz a ligação entre as Flores e o Corvo, também ficou danificada.
Perante a catástrofe impõe-se uma pronta prestação de auxílio às pessoas afetadas, particularmente às que ficaram desalojadas, a par do necessário restabelecimento das infraestruturas danificadas, o que exigirá seguramente a mobilização de vários milhões de euros.
Em face do exposto, solicito à Comissão Europeia que me informe sobre que programas e medidas da UE poderão ser mobilizados para apoiar estas ações e os investimentos necessários. Solicito ainda informação sobre as condições de mobilização dos referidos apoios.

3 de Outubro de 2019

Gabinete de Imprensa dos deputados do PCP no PE

>
  • União Europeia
  • Notas de Imprensa
  • Parlamento Europeu

Partilhar