Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

PCP repudia manobra de intimidação do governo

O PCP manifesta o seu claro repúdio pela manobra de intimidação em curso por parte do Governo ao recorrer a um despacho para fixar “serviços mínimos” sem nenhuma sustentação legal.

Esta operação chantagista do governo resulta do seu receio face à perspectiva de uma grande adesão à greve geral de amanhã, designadamente no sector dos transportes.

Não deixa de ter significado o facto do Governo estar a recorrer a uma medida que está consubstanciada na sua proposta de pacote laboral procurando, assim, aplicá-la antecipadamente, à revelia da lei actual.

Porque os direitos se defendem exercendo-se, o PCP considera que a melhor resposta dos trabalhadores é aderir massivamente à greve geral rechaçando, assim, estas manobras intimidatórias do Governo e o seu pacote laboral.

>
  • Trabalhadores
  • Central

Partilhar