PCP manifesta a solidariedade a justa luta dos trabalhadores dos correios e das empresas do grupo CTT

Ver vídeo

''

O PCP está solidário com esta jornada de luta dos trabalhadores dos Correios e das empresas do grupo CTT, quando se coloca a defesa do emprego com direitos e a resposta necessária a esta ofensiva que, mais uma vez, a empresa coloca aos direitos de quem trabalha, com a financeirização do serviço público e com esta tentativa de atacar, mais uma vez, os trabalhadores nos seus salários e nos seus direitos.

Os trabalhadores estão a lutar pelas suas condições de trabalho e pelas suas condições de vida, estão a lutar contra esta tentativa da administração de atacar em relação ao cartão de refeição, mas desde logo é a questão do serviço público que está em causa, é a questão da degradação das condições de trabalho, é a falta de pessoal, é a falta de serviço e de resposta às populações nas suas necessidades do serviço público postal, que tanta falta faz à economia nacional, à coesão territorial, à própria soberania do nosso país.

Mais uma vez, está em causa a demonstração de que a gestão privada é má para o país, é má para os trabalhadores dos Correios e é má para as populações.

O PCP continua a defender e a afirmar que é através do controlo público dos CTT, através do regresso dos CTT à esfera pública, que nós vamos conseguir defender os direitos de quem trabalha mas, desde logo, também, defender as populações, o serviço público e o desenvolvimento nacional.

>
  • Trabalhadores
  • Central
  • Correios
  • CTT