PCP endereça condolências ao AKEL

PCP endereça condolências ao AKEL

Perante o falecimento de Dimitris Christofias, ex-Secretário-geral do Partido Progressista do Povo Trabalhador (AKEL) e ex-Presidente da República de Chipre, no passado dia 21 de Junho, o Comité Central do PCP expressou o seu mais profundo pesar e as suas mais sentidas condolências ao Comité Central do AKEL, e por seu intermédio a todos os seus militantes, à família do camarada Dimitris Christofias e ao povo cipriota.

Na mensagem dirigida ao AKEL, o PCP relembrou o percurso de Dimitris Christofias destacando a sua entrega à luta pela emancipação da classe operária e de todos os trabalhadores, assim como à causa dos inalienáveis direitos nacionais do povo cipriota, lutando incansavelmente pela libertação da sua pátria da ilegal ocupação de parte do seu território por parte da Turquia e pela reunificação do seu país.

O PCP realçou ainda que, num momento em que os comunistas sentem com tristeza o desaparecimento de um dos dirigentes no quadro do movimento comunista e revolucionário internacional, o AKEL continua o legado político e humano de Dimitris Christofias, a luta pelos ideais a que se entregou, pela causa da libertação dos trabalhadores e dos povos de todas as formas de exploração e opressão, pelo socialismo e o comunismo.

Nesta ocasião, Jerónimo de Sousa, Secretário-geral do PCP, dirigiu uma mensagem a Andros Kyprianou, Secretário-geral do Comité Central do AKEL, onde transmitiu os mais profundos votos de pesar e a expressão de condolências pelo falecimento do camarada Dimitris Christofias e reafirmou a solidariedade do PCP ao AKEL.

Na grande homenagem a Dimitris Christofias que foi o seu funeral, realizado no passado 25 de Junho, o PCP fez-se representar por João Pimenta Lopes, deputado do PCP no Parlamento Europeu.

>
  • Paz e Solidariedade
  • Relações Bilaterais

Partilhar