Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

PCP condena tentativa de golpe de Estado no Equador

PCP condena tentativa de golpe de Estado no Equador

O PCP condena veementemente a frustrada tentativa de golpe de Estado no Equador protagonizada por sectores instrumentalizados pela agenda golpista das forças de direita e do imperialismo. O PCP expressa a sua solidariedade ao governo legítimo e constitucional do Presidente Rafael Correa, ao povo equatoriano, às instituições que se mantiveram leais à democracia e à legalidade constitucional e às forças sociais e políticas que nas ruas assumiram desde o primeiro momento a defesa da integridade física do Presidente, da democracia e da legalidade constitucional.

O PCP saúda e valoriza a coragem e determinação do povo do Equador demonstradas na pronta e exemplar reacção popular, factor decisivo para a derrota de mais uma das várias manobras de desestabilização que, com o claro apoio e envolvimento do imperialismo norte-americano, tentam pela via da ilegalidade, da força e do golpismo, travar o desenvolvimento dos processos de luta soberana e de transformação progressista e revolucionária na América Latina.

A tentativa de golpe de Estado no Equador, País membro da Aliança Bolivariana para os Povos da América (ALBA), vem demonstrar mais uma vez a dimensão e o carácter integrado da ofensiva imperialista no continente. Uma situação que exige de todas as forças do progresso e da democracia uma permanente vigilância e solidariedade.
Valorizando as generalizadas reacções de condenação, particularmente no quadro latino-americano, o PCP deplora o silêncio, até ao momento, do Governo português e exige uma inequívoca posição de condenação da tentativa de golpe e de solidariedade com o legítimo governo do Equador.

>
  • PCP
  • Central

Partilhar