Declaração de Diana Ferreira, Deputada do PCP à Assembleia da República

«Não é aceitável a situação que se está a verificar na RTP Porto»

Ver vídeo

''

O PCP está solidário com a luta dos trabalhadores da RTP Porto.

Há 27 trabalhadores desta empresa que deveriam ter já a sua situação regularizada, nomeadamente, no âmbito do PREVPAP e que continuam à espera de ser integrados na RTP. Com a agravante de que foram enviados para casa, estão sem receber salário, estão a tentar pedir apoios ao Estado e foram, substituídos por trabalhadores, também eles com vínculos precários.

O PREVPAP é um instrumento importante e que deve ser utilizado na regularização dos vínculos precários da Administração Pública, não pode de todo ser um ponto de chegada, tem sim de ser um ponto de partida para combater a precariedade na Administração Pública com vista à sua erradicação.

Não é aceitável a situação que se está a verificar na RTP Porto, não é aceitável que se esteja a prolongar ad aeternum a integração de trabalhadores na RTP, não é aceitável que estas vidas estejam em suspenso.

O PCP já questionou a Ministra da Cultura bem como a Ministra do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social sobre esta situação, exigindo a integração urgente destes 27 trabalhadores e também exigindo que todos os trabalhadores da RTP que correspondam a necessidades permanentes tenham um vínculo efectivo, combatendo a precariedade que persiste.

Os trabalhadores da RTP podem contar com a solidariedade e a intervenção do PCP.

>
  • Trabalhadores
  • Central
  • Prevpap
  • RTP