Milhares de agricultores do Douro manifestam-se na Régua

Milhares de vitivinicultores com centenas de máquinas agrícolas e outras viaturas manifestaram-se, hoje, na Régua em defesa da agricultura duriense. A braços com uma das mais graves crises dos últimos anos os agricultores manifestaram-se para impedir o roubo que significa a redução do benefício de vinho em 25 mil pipas.

Apoios especiais para os prejuízos provocados pelo granizo e sejas doenças da vinha; de preços justos à produção, nunca abaixo dos 1250 euros a pipa; do saneamento financeiro e da devolução dos poderes roubados à Casa do Douro, são outras exigências que constam do plano de emergência para o Douro que a Avidouro reclama para a região. Berta Santos, da direcção da Avidouro e da CNA, avisou o governo que "os agricultores do Douro há muito que já não usam gravata. O que é preciso são medidas concretas para resolver os graves problemas da região e salvar os agricultores da miséria". O PCP manifestou a sua solidariedade com a presença no protesto de João Frazão, da Comissão Política, confrontou, hoje mesmo, a ministra da agricultura na comissão da agricultura da Assembleia da República sobre estes e outros problemas da agricultura nacional.

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Trabalhadores
  • Central

Partilhar