Intervenção de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

Intervenção sobre a resolução sobre a Venezuela

Estamos perante o inesgotável acervo deste Parlamento, de hipócrita demagogia e mentira que visa legitimar a ingerência sobre países soberanos. A UE prossegue a sua ofensiva contra a Venezuela, alinhando-se com a estratégia e interesses dos Estados Unidos para a região, que tomam como pátio traseiro. Afrontando a Carta das Nações Unidas, usam e insistem na cartilha de sempre: sistemáticas acções de desestabilização interna, tentativas de golpes de Estado, terrorismo, sabotagens, sanções, bloqueio económico, financeiro, político e diplomático.

São os interesses e as condições de vida do povo venezuelano e em particular, da imensa comunidade portuguesa naquele país, que vocês comprometem, apoiando golpistas, o isolamento do país ou a ameaça de intervenção militar.

É na exigência pelo fim imediato das sanções e na defesa do diálogo e da paz, respeitando o direito reiteradamente afirmado pelo povo venezuelano de decidir livre e soberanamente o seu futuro, que se encontra a solução para os problemas que a Venezuela e o seu povo enfrentam!

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu

Partilhar