Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

Incêndios em Portugal

Os fogos florestais continuam a devastar Portugal. As elevadas temperaturas aliadas a uma seca prolongada propiciam estes incêndios de grandes dimensões que, infelizmente, vão fustigando o país ano após ano.
Nos últimos dias, os distritos de Santarém, Castelo Branco, Guarda e Viseu foram os mais afetados e a área ardida mais do que duplicou desde o início do ano. Arderam mais de 8 mil hectares, maioritariamente nos concelhos de Mação e Vila de Rei, e, em algumas freguesias, a área ardida ultrapassa os 90%. Milhares de homens no combate aos incêndios, dezenas de feridos, cerca de duas dezenas de povoações ameaçadas pelas chamas, é ainda impossível contabilizar por inteiro os prejuízos sofridos mas os impactos serão seguramente duradouros a vários níveis, como o foram no passado. 
Perguntamos:
1.  Que apoios foram até ao momento solicitados pelo Governo português e que apoios foram mobilizados pela Comissão Europeia?
2. Que apoios adicionais podem ser mobilizados, seja na vertente de acorrer aos prejuízos seja no domínio da prevenção, para que cenários destes sejam evitados no futuro?

>
  • União Europeia
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu

Partilhar