Intervenção de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral, Almoço CDU

A gratuitidade dos manuais escolares deve abranger toda a escolaridade obrigatória

A gratuitidade dos manuais escolares deve abranger toda a escolaridade obrigatória

[Excerto]

Neste nosso concelho de Beja, se expressa essa confiança e apoio, traduzidos em listas constituídas por homens e mulheres ligadas à vida local e conhecedores dos problemas que é preciso debelar e das medidas que é necessário adoptar para responder às aspirações da população.

Sim, temos candidatos com experiência, capacidade de realização e provas dadas na defesa dos interesses das populações.

Os candidatos que dão rosto a um projecto colectivo.

Um projecto partilhado por eleitos e não eleitos, construção de muitos e muitos activistas e apoiantes que intervêm pelo progresso e desenvolvimento locais.

Aqui, em Beja, bem se conhece, por experiência própria, a obra realizada pela CDU, a proximidade às populações, a atenção dada aos seus problemas.

Mas conhecem, sobretudo, por experiência feita, ainda que felizmente limitada no tempo, o que o concelho e quem aqui vive e trabalha perderam, quando a autarquia foi parar a mãos erradas, com a gestão do PS.

A intervenção e o trabalho que foi desenvolvido no concelho de Beja, como aqui deu conta o Presidente da Câmara João Rocha e nosso candidato ao próximo mandato, mostra que valeu e vale a pena lutar pelo projecto da CDU. Um mandato incomparável de realização nos mais diversos domínios. A resolver os problemas e a situação financeira. A definir e relançar uma estratégia de desenvolvimento e a planificar os investimentos. A trabalhar com todas as forças vidas, instituições, movimento associativo e cultural, freguesias.

A CDU honrou os compromissos assumidos com o povo do concelho de Beja e confirmar e reforçar as posições da CDU em 1 de Outubro próximo é a garantia de ver prosseguido o trabalho, a capacidade de realização, a atenção aos problemas e aspirações populações.

(...)

São os trabalhadores e o povo, que ganham com o reforço da CDU.

Mais votos e mais mandatos na CDU no dia 1 de Outubro são também garantia de que será possível dar novos passos e maior avanço na reposição de direitos retirados pelo governo PSD/CDS, de prosseguir na devolução de rendimentos, de assegurar o aumento dos salários e das pensões de reforma, de garantir trabalho com direitos.

Novos passos como aqueles que ainda recentemente foram concretizados pela mão do PCP e da sua iniciativa, como é o caso, para dar só dois exemplos: o aumento extraordinário das pensões de reforma, abrangendo mais de 2 milhões de reformados com pensões até 631 euros; e a aplicação da gratuitidade dos manuais escolares a todos os alunos do 1.º ciclo, abrangendo cerca de 370 mil crianças.

A gratuitidade dos manuais escolares, para todos os alunos do 1.º ciclo do ensino básico, é uma medida de grande alcance. Pelo que significa de afirmação da natureza pública, gratuita e universal do ensino. Pelo que se traduz de apoio às famílias tendo em conta o peso nos seus orçamentos.

Temos agora de assegurar que a medida abranja a escolaridade obrigatória. O Orçamento do estado para 2018 é uma oportunidade para fazer esse caminho, alargando ao 2.º e 3.º ciclos, levando a gratuitidade dos manuais escolares tão longe quanto possível. Uma oportunidade que o PCP e a CDU não desperdiçarão agora, como não desperdiçaram no passado e aliás é demonstrado pelo caminho já feito em 2016 e 2017.

É com esta visão de uma escola dirigida à formação integral dos cidadãos que nos batemos.

É essa visão que está presente no projecto autárquico da CDU, como é exemplo o trabalho realizado no concelho de Beja: no cuidado posto e no investimento realizado nos equipamentos escolares da sua responsabilidade; na atribuição às associações locais da confecção de refeições escolares (antes entregue a privados) valorizando o património gastronómico local; na promoção de projectos estruturantes em parceria com as escolas, de que são exemplo a divulgação e valorização do “Cante” ou o Festival Beja romana organizado pela câmara e a comunidade escolar; no apoio dado à famílias no pré-escolar, designadamente em termos de transportes escolares.

Fazer da escola um espaço de formação e fruição, construir uma relação entre a escola e o meio, e que ligue o ensino à vida, são objectivos presentes e testemunhados pelo trabalho realizado pela CDU nas autarquias.

>
  • Educação e Ciência
  • Poder Local e Regiões Autónomas
  • Central
  • Beja
  • CDU
  • Eleições Autárquicas 2017
  • Manuais Escolares

Partilhar