Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

Estimativa do INE confirma subida do Desemprego no 4º trimestre

1. As estimativas mensais, corrigidas de sazonalidade, hoje divulgadas pelo INE para o Emprego e o Desemprego no passado mês de Dezembro apontam para uma ligeira melhoria em relação ao mês de Novembro (mais 0,1% de empregos, +6,4 mil empregos e menos 0,1% pontos percentuais da taxa de desemprego, 13,4%, e menos 4800 desempregados).

2. De acordo com estas estimativas do INE, o número de desempregados em sentido restrito e corrigido de sazonalidade deverá ter atingido em Dezembro de 2014 os 689,6 mil e a população empregada os 4 milhões 441 mil e 500.

3. Estas estimativas confirmam, entretanto, que o abrandamento da actividade económica no último trimestre do ano levou a que a taxa de desemprego corrigida e não corrigida de sazonalidade tenha subido comparativamente com o 3º trimestre. Neste mesmo período cerca de 15 mil postos de trabalho deverão ter sido destruídos e a taxa de desemprego trimestral deverá ter atingido os 13,6%.

4. Os dados agora divulgados não permitem calcular a taxa de desemprego real já que não é dada qualquer informação sobre a evolução do subemprego e dos inactivos disponíveis, para lá da não contabilização das centenas de milhares de portugueses que foram forçados a emigrar nos últimos anos.

5. Independentemente das variações sem significado, que se têm registado nos últimos meses, o que estes números revelam é a insuportável dimensão do desemprego e a dramática expressão nas condições de vida de centenas de milhares de portugueses, inseparáveis de uma política que tem conduzido o País ao declínio económico e ao retrocesso social.

>
  • Assuntos e Sectores Sociais
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Trabalhadores
  • Central

Partilhar