Declaração escrita de Inês Zuber no Parlamento Europeu

Encerramento da empresa nacional grega de radiodifusão

O encerramento da empresa nacional grega de radiodifusão constitui um acto autoritário que vai contra os direitos e a liberdade de informação do povo grego, e constitui um atentado sem precedentes aos trabalhadores desta empresa de serviço público. Resulta das opções do governo grego e da troika, portanto, da União Europeia que tantas vezes se pronuncia a favor da liberdade de informação e comunicação. É um atentado contra a liberdade de expressão e contra o pluralismo nos meios de comunicação e informação. Tem como objectivo a privatização deste serviço público, atentado que está também a ser feito ao povo português através das contínuas tentativas de privatização da RTP, da RDP e da Lusa, e do despedimento dos seus trabalhadores. Estamos solidários com a luta do povo grego e dos trabalhadores da ERT.

>
  • União Europeia
  • Declarações Escritas
  • Parlamento Europeu

Partilhar