Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

O desastre do governo PSD/CDS nas pescas, confirmado pelo INE

O desastre do governo PSD/CDS nas pescas, confirmado pelo INE

1. Segundo o Governo PSD/CDS e a Ministra da Agricultura e Mar, Assunção Cristas, as pescas portuguesas navegam num mar de rosas. Mas ontem o INE tornou públicos dados que submergem toda a propaganda governamental para o sector. Um verdadeiro tsunami estatístico, reduziu os “êxitos” nas pescas, invocados pela Ministra, nomeadamente na União Europeia, a zero!

O que informou o INE:

- Que a quantidade de peixe capturado pela frota nacional – 119 890 toneladas – foi a menor de sempre, desde que existem registos estatísticos, 1969! Que houve uma redução de 17,1% face a 2013! Que a redução de capturas foi significativa na sardinha (42,8%), no atum (menos 21,2%) e na cavala (menos 20,8%). É fraca consolação a subida do preço em lota de 19,1%, face à continuação de preços no consumidor muito distante da primeira venda em lota!

- Que o défice da balança comercial dos produtos de pesca agravou-se em 44 milhões de euros (acréscimo de 7,1% face a 2013), atingindo o valor de 662,5 milhões de euros!

- Que a execução do PROMAR (Programa Comunitário 2017/2013), no fim de 2014, apesar de todas as mentiras do Ministério, estava em 69,4%, havendo portanto o risco real de perda de fundos comunitários! Mas mais grave, é que mesmo esses 69,4% de execução, resultavam, no fundamental, de pagamentos de imobilização temporária e de abate definitivo de embarcações, e não de mais investimento no sector (novos barcos, portos de pesca, locais de desembarque e de abrigo, assistência técnica, etc.)! Um escândalo!

- Que a frota licenciada em 2014 atingiu o número de 4 316 embarcações, o valor mais baixo desde 2006, diminuindo assim a frota de pesca licenciada, pelo nono ano consecutivo!

Palavras para quê! A realidade veio acima, e a propaganda afogou-se!

2. O PCP saúda todos os pescadores portugueses, que amanhã, 31 de Maio, celebram o Dia Nacional do Pescador! Sem a sua ingente e arriscada labuta, já não haveriam pescas em Portugal. A política de direita de sucessivos governos do PSD, CDS e PS, de braço dado com a União Europeia e a sua Política Comum de Pescas, tudo têm feito para a destruir!

Os dados do INE agora conhecidos, só demonstram mais uma vez, as razões do PCP no combate a essas políticas de liquidação das pescas nacionais! E reclamam a urgência de uma política patriótica e de esquerda, com a concretização do conjunto de propostas concretas que o PCP tem apresentado no Parlamento Europeu e na Assembleia da República. Particularmente urgente, é tomar medidas que ponham fim ao desastre em curso na pesca de sardinha, bem presente nos números do INE!

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Central

Partilhar