Nota do Gabinete de Imprensa dos Deputados do PCP ao PE

Deputados do PCP no PE solidários com a luta dos trabalhadores e do povo brasileiro

Dilma Rousseff, ex-Presidente da República Federativa do Brasil, deslocou-se ao Parlamento Europeu (PE) em Estrasburgo, nos dias 15 e 16 de Novembro.

O programa da visita de Dilma Rousseff incluiu diversas reuniões e encontros, entre os quais, a participação na Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana (EUROLAT) e numa reunião do Grupo Confederal da Esquerda Unitária/Esquerda Verde Nórdica (GUE/NGL).

Os deputados do PCP no PE reiteraram a Dilma Roussef a solidariedade dos comunistas portugueses para com a luta do povo brasileiro e a sua intenção de prosseguir a luta e a denúncia contra o golpe de Estado institucional que levou à sua ilegítima destituição da Presidência do Brasil. Golpe de Estado institucional que, no seu desenvolvimento, se confirma como um processo revanchista que visa o retrocesso e destruição de importantes conquistas alcançadas no quadro do processo progressista e de afirmação soberana que teve lugar no Brasil a partir de 2003, com a eleição do Presidente Lula da Silva.

Os deputados do PCP no PE tiveram a oportunidade de realizar um encontro bilateral com Dilma Rousseff onde lhe transmitiram o apoio do PCP à luta pela defesa da democracia no Brasil e contra as manobras que visam condicionar a livre expressão do povo brasileiro.

Expressaram ainda a solidariedade para com os trabalhadores brasileiros e as suas organizações, para com os democratas, patriotas e o povo que nas ruas têm resistido à ofensiva conduzida pelo governo golpista de Michel Temer.

Os deputados do PCP sublinham que o apoio à luta do povo brasileiro em defesa dos direitos sociais e laborais, da democracia e da soberania do Brasil adquire ainda maior importância quando se desenvolve noutros países da América Latina uma ofensiva do grande capital e do imperialismo que tenta pôr em causa a soberania dos povos da região, os seus direitos e o sentido progressista das transformações alcançadas na última década e meia.

>
  • União Europeia
  • Notas de Imprensa
  • Parlamento Europeu

Partilhar