CDU merece eleger Miguel Tiago em Viseu

CDU merece eleger Miguel Tiago em Viseu

O PCP-PEV nunca elegeu um deputado pelo círculo eleitoral de Viseu. Mas não é por isso que não tem estado, como nenhuma outra força política, ao lado do povo do distrito. Nas pequenas como nas grandes lutas e reivindicações.

Isso mesmo sobressaiu hoje de manhã na Urgeiriça e na Lapa do Lobo, com Jerónimo de Sousa a acompanhar o cabeça-de-lista por Viseu, Miguel Tiago, em contacto com trabalhadores das minas e populares, sempre recebidos com entusiasmo e incontida gratidão.

No primeiro caso, o combate da CDU pelo reconhecimento dos direitos dos antigos mineiros – reforma antecipada, indeminização das famílias das vítimas de doença profissional, esteve em destaque, com os trabalhadores das minas de urânio a manifestarem publicamente o agradecimento ao PCP e ao PEV, e o Secretário-geral comunista a sublinhar a necessidade de avançar na descontaminação das casas dos mineiros e na criação de um núcleo museológico. Isto sem esquecer a necessidade de acelerar a conclusão dos trabalhos de requalificação da mina, cujo primeiro projecto, de resto, foi apresentado à cerca de 20 anos pelo PEV, realçou ao Avante! Miguel Tiago.

O primeiro candidato da CDU por Viseu lembrou, por seu lado, que "as reivindicações dos mineiros foram alcançadas, passo a passo, sempre que os governos do PS ou PSD não tiveram maioria absoluta e pela mão da CDU". Facto que, por maioria de razão, é bem revelador da utilidade de confiar o seu voto na CDU não deixando o PS de mãos livres para governar, como comunistas e ecologistas têm insistido.

No caso da Lapa do Lobo, em causa está igualmente a requalificação, mas do apeadeiro local, reivindicação com mais de 20 anos que, desde 2016, cedeu prioridade à luta pela manutenção dos serviços ferroviários para Coimbra. Um morador contou a história a Jerónimo de Sousa e a Miguel Tiago, acompanhados senão por toda, por boa parte da população da Lapa do Lobo.

Confrontados com a supressão de dois serviços para Coimbra por parte da CP, as gentes da Lapa do Lobo dinamizaram uma abaixo-assinado com o apoio da CDU, iniciativa que resultou no recuo da CP em retirar os serviços ferroviários.

Em 2017, o papel da CDU nesta luta acabou reconhecido com a eleição, pela primeira vez, de um vogal na Assembleia de Freguesia. E a dinâmica reivindicativa prossegue de forma reforçada pela construção de um novo apeadeiro ou pela sua melhoria.

E assim é oportuno perguntar: se sem um deputado à Assembleia da República por Viseu, a CDU desempenhou este papel e conseguiu, com as populações, vencer estas batalhas, quantas não poderão ser vencidas se Miguel Tiago for eleito pelo distrito?

>
  • CDU - Legislativas 2019
  • Central

Partilhar