Intervenção de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral, Almoço comemorativo do 97.º Aniversário do PCP

«A actual situação e os seus desenvolvimentos exigem um PCP cada vez mais forte e mais reforçado»

Ver vídeo

''

[...]

A actual situação e os seus desenvolvimentos exigem um PCP cada vez mais forte e mais reforçado, fortalecendo meios e capacidades e melhorando o seu aproveitamento. Mais forte e reforçado em todos os planos - político, ideológico, orgânico, financeiro -, na intervenção em todas as frentes - massas, política, institucional, eleitoral e ideológica.

Mais forte para dar mais força à luta e à intervenção política, estruturando a organização e melhorando o seu funcionamento a todos os níveis, assegurando o fortalecimento do trabalho de direcção e do trabalho colectivo, a responsabilidade individual, a iniciativa, coordenação e disciplina, assegurando a responsabilização de quadros, o funcionamento regular e eficaz dos organismos de direcção, à estruturação das organizações locais, tendo em consideração a realidade dos efectivos da organização, o seu fortalecimento, a sua renovação e rejuvenescimento, a iniciativa política e o trabalho com as novas gerações e com os reformados e pensionistas, a organização do trabalho de propaganda, sistematizando e alargando o aproveitamento dos meios electrónicos, elevando a difusão e a leitura da imprensa do Partido, nomeadamente o «Avante!» e «O Militante», assegurando a independência financeira do Partido, tendo como elemento essencial a elevação da importância das quotizações.

Mais forte e mais reforçado em especial junto dos trabalhadores, nas empresas e locais de trabalho, com uma activa política de recrutamento de novos militantes e consequente integração, prioritariamente a partir dos locais de trabalho, com a criação e dinamização de células de empresa e de locais de trabalho, assegurando a sua formação política e ideológica, particularmente evidenciada no ano em que comemoramos o II Centenário do nascimento de Karl Marx.

Nesse sentido é muito importante concretizar as decisões do Comité Central das quais se destaca a de contactar 5 mil trabalhadores e dizer-lhes porque razão consideramos muito importante, para a luta que travamos no nosso País, que se inscrevam no Partido dando-lhe assim mais força organizada, levando a bom termo a acção junto dos trabalhadores que temos em curso e que durará todo o ano, informando, ouvindo e aprendendo.

Assim, deixamos aqui o apelo a todos os camaradas presentes que olhem à sua volta, vejam quem devem contactar para aderir ao Partido e concretizem esses contactos, começando já por todos os que aqui connosco estão neste aniversário e não são membros do Partido.

[...]

>
  • Central
  • Aniversário do PCP

Partilhar